Introdução aos Métodos de Representação

Conservação e Restauro
ECTS; º Ano, , 0,0 T + 0,0 PL + 0,0 TP + 0,0 P + 0,0 TC + 0,0 S + 0,0 E + 0,0 OT + 0,0 O

Docente(s)

Pré-requisitos
Competências em desenho, geometria e história de arte
Forma com UC de "Métodos de Representação", uma unidade didáctica teórico-prática.

Objetivos
Desenvolvimento da capacidade de visualização no espaço e da sua representação. Utilização do desenho nas suas múltiplas formas, tipos e suportes, de modo a obter uma correcta expressão gráfica no âmbito da conservação e restauro. Representar objectos de acordo com as normas NP e ISO.

Programa
Desenvolvimento da capacidade de visualização no espaço e da sua representação.
Estabelecer noções básicas de aprendizagem de utilização do desenho, nas suas múltiplas formas, tipos e suportes, de modo a obter uma fina expressão gráfica no âmbito da C&R.
Leitura e interpretação de desenhos técnicos, como escrita de comunicação objectiva. Sistemas de representação de objectos de acordo com as normas NP e ISO.
Conhecimento dos instrumentos de representação, dos seus elementos tecnológicos e evolução histórica.
Escrita em desenho digital e manual.

CAPÍTULO I
1- Introdução
2- Construções geométricas
3- Folhas de Desenho
4- Traçado de arcos
CAPÍTULO II
1- Projecções
2- Traços e linhas
3- Leitura de vistas
CAPÍTULO III
1- Secções e Cortes
2- Traços usados em secções e cortes
3- Cortes em perspectiva
CAPÍTULO IV
1- Perspectivas rigorosas
2- Perspectivas rápidas
CAPÍTULO V
1- Cotagem
2- Cotagem de desenhos em corte e em perspectiva
CAPÍTULO VI
Modelos e maquetes de objectos. A maquete através da história
A maquete -técnicas e construção. Aplicações e processos de trabalho

> Exercício final com tema a desenvolver (Tr2)

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua e avaliação final por prova escrita.
Tr1- Conjunto de trabalhos realizados nas aulas
Tr2- exercício tema livre >= 9,5 valores, com discussão publica.
A classificação final C:
C= 0,5 D (0,6 Tr1+ 0,4 Tr2) + 0,5 Ex.

Bibliografia
- CUNHA, L. (1980). Desenho Técnico. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian
- BERGER, . (1980). Modos de Ver. Lisboa: Edições 70
- PANOFSKY,, E. (1993). A Perspectiva como Forma Simbólica. Lisboa: Edições 70
- MASSIRONI, . (1982). Ver pelo Desenho: aspectos Técnicos, Cognitivos, Comunicativos. Lisboa: Edições 70

Método de interação
Aulas teóricas de exposição da matéria,aulas teórico-práticas com exemplos e exercicios de ãmbito didático.Orientação tutorial.Visita de estudo a locais de interesse para a UC.
Leitura-interpretação de desenhos técnicos.Instrumentos de representação.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.