Identificação de Bens Culturais

Conservação e Restauro
4 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 15,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
O objectivo principal é preparar os alunos para resolverem problemas teóricos e práticos na identificação de bens culturais. No final os alunos deverão ser capazes de identificar correctamente bens culturais e obras
de arte e dominar as suas principais problemáticas e identificar Mobiliário Lusíada

Programa
1ª PARTE - I ? Introdução - a) - Noções gerais; b) ? Definições (Identificação e bem cultural); c) ? Fontes ? Imediatas e Mediatas (directas e indirectas); II ? Identificação - a) ? Tipologia; b) ? Estilo; c) ? Técnicas; d) ? Materiais; e) ? Qualidade; f) ? Uso; g) ? Época; III ? Ciências Auxiliares - 1 - Ciências históricas (História; Arqueologia; Filologia; Paleografia; Epigrafia; Diplomática; Heráldica; Genealogia; Sigilografia/Esfragística; Numismática, Medalhística e Filatelia; Ex-librística; Cronologia; Onomástica, Antroponímia e Toponímia; Estatística; etc.); 2 - ?Ciências? respeitantes, mais concretamente, à História da Arte (Arquitectura; Escultura; Pintura; Artes Decorativas ? gravura, mobiliário, cerâmica, vidraria, ourivesaria, prataria, joalharia, metalurgia, ferraria, tapeçaria, tecidos, etc.); 3 - Ciências não históricas (Química; Física; Biologia; Botânica; Mineralogia; etc,); 4 ? Conclusão; IV ? Heurística - a) - Museus públicos; b) - Bibliotecas e arquivos públicos; c) - Colecções privadas; d) ? Exposições; e) - Leilões, Feiras e Antiquários; V ? Bibliografia ? a) - Livros de arte e de ciências auxiliares; b) ? Reportórios; c) - Léxicos, Dicionários e Enciclopédias; d) ? Monografias;
2ª PARTE ? Mobiliário Lusíada - I ? Introdução - a) ? Fontes; b) ? Expansão portuguesa; c) ? Encontro de culturas e produção de bens culturais (encontro de mobiliário; produção de mobiliário Lusíada); II ? Mobiliário Lusíada em Geral - a) ? Tipologia; b) ? Estilo; c) ? Técnicas; d) ? Materiais; e) ? Qualidade; f) ? Uso; g) ? Época; III ? Mobiliário Lusíada em Particular - a) ? Vertente indo-portuguesa; b) ? Vertente dos Açores; c) ? Vertente da Costa Oriental Africana; d) ? Vertente de influência Mogol; e) ? Vertente cingalo-portuguesa; f) ? Vertente do Sueste asiático; g) ? Vertente sino-portuguesa; h) ? Vertente Namban; i) ? Outros.

Metodologia de avaliação
Avaliação é efectuada por duas frequências ou por exame final. Aprovação com 19 valores no somatório das duas frequências, não podendo ter em alguma menos de 7. No exame terá de ter 10 valores. Caso não consiga terá de realizar um exame oral.

Bibliografia
- Moncada, M. (2006). Mobiliário Lusíada. Tomar: Autor
- Moncada, M. (2006). Peritagem e Identificação de Obras de Arte. Porto: Civilização

Método de interação
As matérias são apresentadas com projecção de imagens para permitirem a visualização dos aspectos da identificação, acompanhadas por textos do professor. Numa aula e numa visita a um museu serão analisadas e identificadas peças de mobiliário Lusíada.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.