Introdução à Conservação e Restauro

Conservação e Restauro

4 ECTS; 1º Ano, 1º Semestre, 30,0 T + 15,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)
- Ricardo Pereira Triães

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
1.Conhecer os princípios éticos e deontológicos do Conservador-Restaurador
2.Conhecer as problemáticas e a linguagem usual em conservação e restauro (C&R)
3.Aprender as principais metodologias e materiais utilizados em C&R
4.Aprender as práticas fundamentais de trabalho no laboratório de C&R

Programa
1. Conservação e restauro, definição e evolução de conceitos.
2. Princípios éticos deontológicos da conservação e restauro (C&R)
2.1. Instituições e documentos internacionais e nacionais que regulamentam/tutelam a profissão e a actividade da C&R
3. A prática da C&R
3.1. Princípios de Higiene e Segurança.
3.2. Manuseamento, acondicionamento e transporte de bens culturais.
3.3. Equipamentos, instrumentos e ferramentas.
4. Diagnóstico.
4.1. Natureza dos materiais e técnicas de produção.
4.2. Causas de deterioração e alteração.
4.3. Fenómenos de alteração.
4.4. Extensão dos danos.
5. Métodos de exame e análise.
5.1. Exames de área e exames de ponto.
5.2. Métodos destrutivos e não destrutivos.
5.3. Métodos qualitativos e quantitativos.
5.4. Critérios para a selecção dos métodos mais adequados.
6. Registo.
6.1. Fichas.
6.2. Etiquetagem.
6.3. Registo gráfico.
6.4. Registo fotográfico.
6.5. Relatórios técnicos.
7. Metodologia de intervenção.
7.1. Proposta de tratamento.
7.2. Tratamento.
7.2.1. Registo gráfico antes da intervenção e registo fotográfico exaustivo.
7.2.2. Remoção de intervenções desadequadas e/ou degradadas.
7.2.3. Faceamento.
7.2.4. Fixação.
7.2.5. Remoção/desmontagem de bens integrados.
7.2.6. Desinfestação.
7.2.7. Consolidação.
7.2.8. Dessalinização.
7.2.9. Limpeza.
7.2.10. Colagens
7.2.11. Reforço de estruturas de suporte
7.2.12. Preenchimento de fissuras, fracturas e pequenas lacunas
7.2.13. Reconstituição volumétrica
7.2.14. Nivelamento
7.2.15. Manufactura de réplicas
7.2.16. Montagem/recolocação de bens desmontados
7.2.17. Reintegração cromática
7.2.18. Camada de protecção
8. Condições ambientais e acomodação em reserva.
9. Conservação preventiva.
10. A comunicação como ferramenta de valorização da C&R.
10.1. Comunicar as intervenções de C&R na comunidade
10.2. Comunicar as intervenções de C&R em reuniões técnico-científicas

Metodologia de avaliação
A classificação final resulta de um teste escrito, em qualquer época de avaliação.
Os alunos que em frequência obtiverem nota igual ou superior a 10 valores ficam dispensados de exame.

Bibliografia
- Calvo, A. (2003). Conservacion y Restauracion; Materiales, Tecnicas y Procedimientos. De la A a la Z.. Barcelona: Ediciones del Serbal
- Munoz-Vinas, S. (2004). Contemporary Theory Of Conservation. -: TAYLOR & FRANCIS
- Appelbaum, B. (2007). Conservation Treatment Methodology. Oxford: Butterworth-Heinemann

Método de interação
1. Aulas teóricas em que se descrevem e problematizam teorias, conceitos e metodologias da conservação e restauro.
2. Visita ao LCR.IPT.
3. Aulas teórico-práticas onde se observam e experimentam técnicas, materiais e metodologias.

Software utilizado nas aulas
PowerPoint