Segurança em Turismo Cultural

TeSP - Produção de Atividades para o Turismo Cultural, Publicação em Diário da República - Aviso nº 619/2016 - 21/01/2016 - retificação

5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 30,0 TP

Docente(s)
- Maria Rita de Oliveira Nunes D'Angelis

Pré-requisitos

Objetivos
Com a finalização da unidade curricular o aluno terá competências para entender criticamente a necessidade da segurança nas atividades turísticas e como a mesma é fator chave para a diferenciação dos destino turísticos atuais. A segurança no turismo é uma temática que ao fim da lecionação dos conteúdos trará diferenciação profissional e critica aos discentes.

Programa
1.Introdução a segurança do turismo;
2.A relação entre segurança e economia;
3.Segurança nos equipamentos turísticos;
4.As crise turísticas: causas e consequências;
5.Turismo e terrorismo;
6. Violência e criminalidade;
7.Risco e Medo

Metodologia de avaliação
A avaliação continua da unidade curricular será calculada com base na média ponderada da nota obtida em função de dois elementos obrigatórios de avaliação, sendo:
1) A frequência que consiste num teste escrito no final do semestre (50%)
2) Trabalho com apresentação e discussão (50%)

Bibliografia
- , . e Tarlow, P. e Soares, C. e Amorim, E. (2015). Segurança: um desafio para os setores de lazer, viagens e turismo (e-book). Tomar: Instituto Politécnico de Tomar/Escola Superior de Gestão de Tomar
- Tarlow, P. (2014). Tourism Security: Strategies for Effectively Managing Travel Risk and Safety. Oxford: Butterworth-Heinemann
- Soares, C. e Amorim, É. e Trentin, F. (2012). Abordagem multidisciplinar dos cruzeiros turísticos. Leiria: Textiverso
- Bispo, P. (2016). A Segurança no Turismo e na Indústria dos Eventos. Lisboa: Chiado Books

Método de interação
A UC será lecionada com aulas teóricas e teóricas/práticas. As teóricas fornecerão as basses conceptuais e teóricas, dando suporte aos conteúdos práticos. As teórico-práticos serão realizadas com a análise de estudos de caso.

Software utilizado nas aulas