História Económica e Política

Comunicação Social, Publicação em Diário da República - Despacho n.º 15198/2014

5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 45,0 T + 15,0 TP + 5,50 OT

Docente(s)
- Ana Cláudia Leal Marques Pires da Silva Mendes Pinto

Pré-requisitos
NA

Objetivos
Os estudantes devem ser capazes de conhecer os principais factos económicos que, na história moderna do mundo ocidental, determinaram em medida substancial, a configuração do mundo e da sociedade atuais.
Neste contexto geral o objectivo fulcral será o de conduzir o aluno a adquirir conhecimentos alicerçados na compreensão e interpretação dos dados. Quando, onde, porquê e em que circunstâncias, serão questões sempre presentes.

Programa
I. A era das revoluções
1. A revolução industrial
2. Os factores determinantes da revolução industrial na Grã Bretanha
3. Os efeitos da revolução industrial britânica
II. A industrialização no século XIX e o surgimento de um novo mundo
1. A supremacia britânica
2. A evolução europeia no século XIX
III. A evolução da sociedade industrial no século XIX
1. A segunda revolução industrial
2. Aspectos sociais e políticos das transformações do capitalismo no século XIX: a estratificação social, as ideias socialistas, os sistemas de segurança social.
IV. O mundo em guerra
1. A primeira guerra mundial: antecedentes e sequelas
2. O tratado de Versalhes
3. A grande depressão
5. Ascensão dos fascismos
V. A segunda guerra mundial
1. A destruição da Europa e a emergência das superpotências.
2. Novo sistema monetário internacional: os acordos de Bretton Woods, o plano Marshall e a Comunidade Económica Europeia.
VI. A caminho da sociedade pós industrial
1. Maio de 68 e flower power: a maioridade dos baby-boomers
2. A primeira crise do petróleo
3. A terceira revolução tecnológica
5. A globalização, a desregulação dos mercados e o mundo multipolar
VII. A modernidade radical: a transição para um mundo imprevisível
1. Um mundo multipolar e os blocos regionais
2. União europeia, NAFTA, Mercosul, CEDEAO, ASEAN como modelos, mais ou
menos acabados, de blocos.
3. Os BRIC : as novas economias emergentes.
4. A sociedade em rede
5. Conflitos potenciais para o século XXI

Metodologia de avaliação
Avaliação por Frequência (Contínua):
- Prova escrita – 40%
- Trabalhos em aula– 20%
- Trabalho Final - 40%
o Escrito – 20%
o Oral – 20%
- Serão excluídos do regime de avaliação contínua os alunos que, e/ou:
o não obtenham uma classificação mínima de 8 valores na prova escrita;
o não apresentem o trabalho (escrito e oral).

A classificação final resulta da média aritmética simples de todos os elementos de avaliação.

Avaliação por Exame (Normal e Recurso):
• Prova escrita – 100%

A prova escrita integra toda a matéria lecionada ao longo do semestre. Classificação mínima para aprovação: 10 valores.

Bibliografia
- CAMERON, R. (2000). História Económica do Mundo. Lisboa: Publicações Europa-América
- BRASSEUL, J. (2014). História Económica do Mundo. lisboa: Edições Texto & Grafia
- VALÉRIO, N. e MATA, E. (2007). História Económica de Portugal. Lisboa: Editorial Presença
- Valério, N. e Nunes, A. (1995). O Crescimento Económico Moderno. Lisboa: Editorial Presença

Método de interação
Aulas teóricas com exposição das matérias seleccionadas e orientação do estudo; aulas teórico-práticas em que se relacionarão notícias diárias com os acontecimentos e situações históricas que se irão expondo.

Software utilizado nas aulas
Plataforma de e-learning
Plataforma Microsoft Teams
Powerpoints

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável