Gestão Financeira

Gestão Turística e Cultural
5 ECTS; 2º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 30,0 TP

Docente(s)
- Maria Graciete da Purificação Reis Henriques Honrado

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
O aluno no final da unidade curricular a deverá saber interpretar a informação decorrente do ciclo financeiro, ciclo de exploração e ciclo de investimento da empresa. Deverá saber interpretar informações que lhes permitam analisar a situação patrimonial e os resultados das empresas.

Programa
1. A FUNÇÃO FINANCEIRA, GESTÃO FINANCEIRA E A ANÁLISE FINANCEIRA.
1.1. Tarefas da Função Financeira e da Gestão Financeira
1.2. A Função Financeira na prática
1.3. Objetivos e limites da função financeira
1.4. Papel da análise financeira na gestão
1.5. Principais métodos da análise financeira
CAPITULO II ? INSTRUMENTOS ? BASE DA ANÁLISE FINANCEIRA
2. DOCUMENTOS ? BASE DA ANÁLISE FINANCEIRA
2.1. Características da informação financeira
2.2. Pressupostos subjacentes
2.3. Mensuração dos elementos das demonstrações financeiras
2.4. Balanço
- Ativo não corrente
- Ativo corrente
- Capital Próprio
- Passivo não corrente
- Passivo corrente
2.5. Demostração dos Resultados por Natureza
2.6. Demostração dos Resultados por Funções
2.7. Demonstração dos Fluxos de Caixa
2.8. Demonstração das alterações no capital próprio
2.9. Qualidade dos resultados e da informação financeira
3. PREPARAÇÃO DO BALANÇO PARA ANÁLISE FINANCEIRA
3.1. As perspetivas patrimonial, contabilística e financeira do balanço
3.2. O balanço funcional e os ciclos financeiros da empresa
- Ciclo de investimento
- Ciclo de exploração
- Ciclo das operações financeiras
3.3. Do balanço contabilístico ao balanço funcional
- Ativo fixo
- Necessidades cíclicas
- Tesouraria ativa
- Capital próprio
- Capital alheio estável
- Recursos cíclicos
- Tesouraria passiva
4. PREPARAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS PARA ANÁLISE FINANCEIRA
4.1. Os gastos e o volume de atividade
4.2. VAB ? Valor Acrescentado Bruto
5. PREPARAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA PARA ANÁLISE FINANCEIRA
5.1. A noção de fluxo de caixa
5.2. Conceitos fundamentais para a análise dos fluxos de caixa
6. MÉTODO DOS RÁCIOS: TÉCNICA -BASE DA ANÁLISE FINANCEIRA
6.1. Tipos de rácios
6.2. Definição de alguns rácios
6.3. Bases de comparação dos rácios
6.4. Vantagens e desvantagens da utilização dos rácios
CAPITULO III ? SOLIDEZ FINANCEIRA E EQUILÍBRIO FINANCEIRO
7. EQUILÍBRIO FINANCEIRO
7.1. Fundo de maneio
7.2. Necessidades em fundo de maneio (NFM)
7.3. Tesouraria líquida (análise estática ? abordagem funcional)
7.4. Rácios financeiros
7.5. Rácios de liquidez
CAPITULO IV ? EFICIÊNCIA E RENDIBILIDADE
8. ANÁLISE DA EFICIÊNCIA
8.1. Rácios de funcionamento
8.2. Rácios de rendibilidade
CAPITULO V ? RISCO
9. ANÁLISE DO RISCO OPERACIONAL E FINANCEIRO

Metodologia de avaliação
Avaliação Contínua: Terá uma ponderação de 60% decorrente de um trabalho e 40 % da realização de uma prova escrita no fim do semestre, sendo exigida uma nota mínima de 7 valores.
Os alunos obterão aprovação com classificação igual ou superior a 9,5.

Bibliografia
- Neves, J. (2012). Analise e Relato Financeiro- Uma Visao Integrada de Gestao. Lisboa: Texto Editores
- Neves, J. (2012). Analise Financeira - Tecnicas Fundamentais. Lisboa: Texto Editores
- Barroso, C. (2010). Financas Empresariais - Teoria e Pratica. Lisboa: Sílabo

Método de interação
Método expositivo e demonstrativo, com recurso à projeção de diapositivos. É utilizada também a metodologia por simulação pedagógica através da resolução de casos práticos e consulta de trabalhos relacionados com cada um dos temas.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.