Conservação e Restauro

Mestrado em Museus, Património e Sociedade do Conhecimento
5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 12,0 T + 27,0 TP

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
a)Conhecer os princípios fundamentais da Conservação e Restauro de Bens Culturais e desenvolver uma atitude crítica devidamente fundamentada.b)Reconhecer a importância da transversalidade e da interdisciplinaridade em Conservação e Restauro;c)Identificar objectos, colecção/sítio interv.

Programa
1. Os princípios fundamentais para a conservação e restauro de bens culturais implicam: princípios éticos e
deontológicos
2. Princípios de higiene e segurança e operação com equipamentos, instrumentos e materiais em conservação e
restauro;
3. Protocolos de intervenção: Identificação, Registo, Diagnóstico, Exames e análises e Metodologia de Intervenção
4. Técnicas de conservação a adoptar.

Metodologia de avaliação
Trabalho pessoal e em grupo de investigação orientada (50% em cada prestação).

Bibliografia
- Baldini, U. (1981). Teoría de la restauración y unidad de metodología. (Vol. 1). Espanha: Nerea-Nardini
- Brandi, C. (1988). Teoría de la Restauración. (Vol. 1). Espanha: Alianza Editorial
- Buys, S. e Oakley, V. (1993). The conservation and Restoration of ceramics. (Vol. 1). Londres: Butterworth
- Cross, R. (1993). China Repairs and Restoration of Ceramics. (Vol. 1). Londres: Butterworth

Método de interação
Lições teóricas e práticas em sala de aula e em laboratório de conservação e restauro, visitas de estudo; debates
com conservadores-restauradores especialistas, apresentação de temas por alunos, individualmente ou em grupo.

Software utilizado nas aulas