Engenharia Enzimática (Opção)

Engenharia Química e Bioquímica
5.5 ECTS; 3º Ano, 1º Semestre, 30,0 T + 30,0 P

Docente(s)

Pré-requisitos
Conhecimentos de química Orgânica e Bioquímica.

Objetivos
Devem ser adquiridas competências nos domínios de enzimologia, cinética enzimática,
imobilização de biocatalisadores e transferência de massa em
sistemas biológicos, que permitem o desenvolvimento e aplicação de técnicas de dimensionamento
e de operação de reatores envolvendo enzimas.

Programa
Estrutura e função de enzimas. Classificação e nomenclatura.
Produção de enzimas. Engenharia de proteínas. Cinética enzimática, estabilidade, inibição e desactivação. Imobilização de
enzimas. Cinética enzimática em sistemas multifásicos. Biocatálise em meios não convencionais. Reatores
enzimáticos multifásicos. Aplicações industriais, analíticas e
biomédicas de enzimas livres e imobilizadas.

Metodologia de avaliação
Prova escrita final, apresentação e discussão de trabalhos de pesquisa bibliográfica e relatórios dos trabalhos laboratoriais.
Classificação mínima de 10 valores em todas as componentes.

Bibliografia
- Cabral, J. e Aires Barros, M. e Gama, M. (2003). Engenharia Enzimática. Lisboa: Lidel-Edições Técnicas
- Shuler, M. e Kargi, F. (2001). Bioprocess Engineering ? Basic Concepts. London: Pearson Educatión
- Mota, M. e LIma, N. (2003). Biotecnologia ? Fundamentos e Aplicações. Lisboa: Lidel-Edições Técnicas
- Mateus, D. (0). Sebentas de Engenharia Enzimática.Acedido em1 de fevereiro de 2012 em www. e-learning.ipt.pt

Método de interação
Aulas teóricas e expositivas, onde se descreve e exemplifica a aplicação dos princípios fundamentais. Aulas práticas/laboratoriais em que são realizados trabalhos
laboratoriais e proposta a resolução de casos práticos.

Software utilizado nas aulas