Iconografia e Iconologia

 

Conservação e Restauro

4 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 15,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)
- Maria Teresa Ribeiro Pereira Desterro

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
1. Proporcionar aos alunos a compreensão dos conceitos de Iconografia e Iconologia e das diversas modalidades que as mesmas apresentam.
2. Sensibilizar o aluno para os diversos níveis de interpretação e compreensão contidos numa obra de arte, assim o enriquecendo cultural e civicamente.
3. Proporcionar-lhe os conhecimentos e as ferramentas teóricas e práticas indispensáveis à descodificação desses mesmos níveis, de modo a ganhar autonomia na investigação desta temática e na sua divulgação.
4. Levá-lo, sempre que possível, à observação directa de objectos artísticos com valor iconográfico, através de visitas de estudo, locais ou externas, e à aplicação prática dos conhecimentos adquiridos.

Programa
1. Iconografia, Iconologia e Simbologia: o valor da imagem
1.1. Definição de conceitos: iconografia, iconologia, alegoria, símbolo
1.2. Aspectos particulares da Iconografia
1.3. Modalidades da Iconografia segundo o seu objecto
1.4. Fontes da iconografia
1.6. Origens e evolução dos estudos iconológicos e seu importante contributo para a compreensão da obra de arte.
Disciplinas auxiliares da Iconografia e Iconologia

2. Iconografia cristã
2.1 Fontes da religião judaico-cristã
2.2 Iconografia do Antigo Testamento
2.3 Iconografia do Novo Testamento
2.4 A última sessão do Concílio de Trento e as suas orientações sobre a iconografia católica.

3. Iconografia mitológica
3.1. A Mitologia Clássica e as suas fontes
3.2. Persistência no Ocidente: alegoria e assimilação
3.3. Principais ciclos mitológicos da Antiguidade Clássica
3.4. Tipos iconográficos mais correntes e sua interpretação iconológica ao longo dos tempos.

4. Iconografia profana. Uma possível sistematização
4.1. Do Poder político:
4.1.1 - Da iconografia imperial da Antiguidade à Iconografia nacionalista
4.2. Das grandes figuras das Letras, Artes, Filosofia e Ciências
4.3. Científico-geográfica (descobrimentos, exotismo)

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua: realização de duas frequências cuja média final terá que ser igual ou superior a 10 para obter aprovação, desde que em nenhuma delas o aluno tenha tido uma nota inferior a 8. Nesse caso será admitido a exame.

Exame Final : realização de um exame escrito sobre os temas constantes do programa Aprovação com nota mínima de 10 valores.

Bibliografia
- Reau, L. (1996). Iconografía del Arte Cristiano,. (Vol. 5 vols). Barcelona: Ediciones del Serbal
- Pereira, P. (2013). Decifrar a Arte em Portugal. (Vol. 6 vols). Lisboa: Círculo de Leitores
- Moreira Azevedo, C. (2016). Estudos de Iconografia Cristã. (Vol. 1º). Lisboa: Fundação Manuel Leão
- CHEVALIER, , J. e GHEERBRANT, J. (1994). Dicionário de Símbolos. Lisboa: Teorema

Método de interação
Aulas teóricas expositivas partindo da análise comentada de obras de arte
Aulas teórico-práticas:discussão e reflexão sobre os conteúdos abordados nas aulas teóricas, análise de obras de arte e leitura comentada de textos
Apoio tutorial

Software utilizado nas aulas
Não aplicável