Química 1

 

Conservação e Restauro

4.5 ECTS; 1º Ano, 1º Semestre, 30,0 T + 30,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)
- Manuel Alberto Nogueira Henriques Rosa

Pré-requisitos
Não Aplicável

Objetivos
Desenvolvimento de capacidades para a compreensão dos temas da química geral e sua aplicação aos processos de conservação e restauro de obras de arte, nomeadamente no trabalho de laboratório para a preparação de soluções, medição e identificação de aniões de sais.

Programa
Componente teórica:
Estrutura da matéria: Propriedades da matéria; propriedades extensivas e intensivas; densidade e temperatura (escalas); Classificação da matéria - misturas e substâncias puras. Os átomos: A descoberta das partículas subatómicas; Número atómico e isótopos; Iões. Tabela Periódica: Variação periódica dos metais, não metais e metalóides. Configurações electrónicas e a tabela periódica: variação das propriedades atómicas.
Ligação química: regra do octeto. Ligações covalentes, iónicas e metálicas. Nomenclatura dos compostos iónicos.
Estequiometria: Massa atómica, mole, massa molar e reacções químicas. Acerto de equações químicas; Soluções e molaridade. Preparação de soluções por pesagem, por diluição e a partir de soluções concentradas.
Sais: O que são sais?; Sais solúveis e sais insolúveis; Higroscopia e deliquescência; Importância dos sais no património; Movimento de sais nas paredes de um edifício; Identificação de carbonatos, cloretos e sulfatos por testes químicos.

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua: Componente teórica com três testes escritos (12 valores) e componente prática com dois relatórios de trabalhos práticos (8 valores). A nota final obtêm-se com a soma da avaliação obtida nas duas componentes. Nota mínima da componente teórica é de 5 valores e da componente prática é de 3 valores. Dispensa de exame com 10 valores.
Avaliação em exame: Componente teórica com um teste escrito avaliada para 12 valores, ou componente prática em relatórios avaliados para 8 valores.

Bibliografia
- Eastop, D. e Timar-Balaszy, A. (1998). Chemical Principles of Textile Conservation. Oxford: Butterworth
- Mateini, M. e Moles, A. (2001). La Quimica en la Restauration. San Sebastian: Ed. Nerea
- Vina Ferrer, S. e San Andres Moya, M. (2004). Fundamentos de Química e Física para la Conservation y Restauration. Madrid: Ed. Sintesis
- Wilks, (ed), H. (1984). An Introduction to Materials. (Vol. 1). London: The Conservation Unit; Museums & Galleries Commission

Método de interação
Aulas teóricas onde são leccionados os fundamentos teóricos e aulas práticas de laboratório onde se executarão ensaios com manuseamento de material, medição de volumes, pesagens, preparação de soluções e identificação de aniões.

Software utilizado nas aulas
Não Aplicável

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável