Métodos quantitativos

TeSP - Produção Artística para a Conservação e Restauro
3 ECTS; 1º Ano, 1º Semestre, 37,50 TP

Docente(s)

Pré-requisitos
Não existem pré-requisitos.

Objetivos
1. Dotar os alunos de ferramentas necessárias à modelação e à resolução de problemas por meio de alguns modelos:
1.1. matemáticos;
1.2. trigonométricos;
1.3. estatísticos.
2. Desenvolvimento da capacidade de raciocínio lógico, analítico e crítico.

Programa
I. BREVES NOÇÕES DE ANÁLISE MATEMÁTICA REAL
1.1. Generalidades sobre os sistemas numéricos.
1.2. Expressões polinomiais, racionais fraccionárias e irracionais.
1.3. Resolução de equações e de inequações.
1.4. Sistemas de equações lineares.
1.5. Conceito de função real de variável real.
1.6. Estudo da função afim e da função quadrática, e suas aplicações.

II. TRIGONOMETRIA
2.1. Relações trigonométricas de um ângulo agudo e caracterização de funções sinusoidais.
2.2. Conceito de amplitude e período.

III. ESTATÍSTICA DESCRITIVA
3.1. Considerações preliminares
3.1.1. População e Amostra
3.1.2. Fases do Método Estatístico
3.1.3. Exploração dos dados e Inferência Estatística
3.1.4. Exemplos de aplicação da estatística
3.2. Tipo de dados
3.2.1. Dados qualitativos
3.2.2. Dados qualitativos
3.3. Distribuição de frequências e sua representação gráfica
3.4. Medidas de Estatística Descritiva
3.4.1. Medidas de localização
3.4.2. Medidas de dispersão
3.4.3. Medidas de forma: assimetria e achatamento.

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua: 0.4F1+0.5F2+0.1T, em que F1,F2=Frequências; T=trabalho, todos cotados para 20 valores e sem consulta. Avaliação por exame: um teste escrito sem consulta, cotado para 20 valores, sobre toda a matéria lecionada (aprovação: >=10)

Bibliografia
- Davis, D. e Armstrong, W. e Armstrong, B. (2003). College Mathematics, Solving problems in finite mathematics and calculus, . USA: Pearson Education
- Reis, E. (2009). Estatística Descritiva. Portugal: 7ª
- Siegel, A. e Morgan, C. (1996). Statistics and Data Analysis: An Introduction. Study Guide Wiley International Edition. (pp. 1-152). USA: John Wiley & Sons

Método de interação
Aulas teórico-práticas, em que se expõem e exemplificam as matérias respeitantes a cada um dos conteúdos programáticos, incentivando-se a participação ativa por parte dos alunos.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.