Técnicas de reprodução

TeSP - Produção Artística para a Conservação e Restauro
4 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 45,0 PL + 15,0 TP

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
O aluno deve ser capaz de executar diversos tipos de moldes; distinguir os tipos de moldes e as suas aplicações; saber fazer a escolha correta dos materiais a aplicar em cada tipo de molde; dominar os processos técnicos para aplicação dos moldes na resolução de problemas de conservação e restauro.

Programa
1. Introdução

2. Diferença entre Moldagem e Modelação.

3. Molde:
3.1. O que é um molde?
3.2. Para que serve um Molde?
3.3. Em que casos se usam?

4. Reprodução:
4.1. O que é uma reprodução?
4.2. Quando se deve optar por uma reprodução total ou parcial?

5. Diferença entre cópia, réplica e falsificação.

6. Tipos de Reprodução:
6.1. Reprodução do tipo Cultural.
6.2. Reprodução do tipo Técnica.
6.3. Reprodução do tipo Social:
6.3.1. Social limitada.
6.3.2. Social ilimitada.
6.3.2. Social especulativa.

7. Padrões de avaliação de cópias ou reproduções.

8. Legislação e Códigos Deontológicos referentes à problemática das reproduções.

9. Tipos de Moldes.
9.1. Molde Perdido.
9.2. Molde Prensado.
9.3. Molde Colado.
9.4. Moldes Rígidos (Gesso, Cera Perdida, Poliéster, etc.).
9.5. Moldes Flexíveis (Gelatina, Látex, Agar Agar).
9.6. Moldes Flexíveis Sintéticos de Endurecimento a Frio (Silicone e Poliuretano).

10. Moldagem Aplicada a Situações de Conservação e Restauro.
10.1. Moldes Simples em Cera de Dentista.
10.2. Moldes Univalves, Bivalves e de Luva em Látex.
10.3. Moldes Univalves e Bivalves em Silicone.

11. Materiais de Moldagem
11.1. As Argilas
11.2. A Plasticina
11.3. As Gelatinas
11.4. O Gesso
11.5. A Cera.
11.6. O Látex.
11.7. O Silicone.
11.8. O Poliuretano.

12. Materiais de Reprodução.
12.1. A Argila.
12.2. A Cera.
12.3. O Gesso.
12.4. Argamassas (Cal, Cimento).
12.5. Os Poliuretanos.
12.6. Os Poliésteres.
12.7. As Resinas Epóxidas.
12.8. As Resinas Acrílicas.

13. Os Materiais usados como Desmoldantes ou Separadores.
13.1. Filmes Desmoldantes.
13.2. Líquidos Desmoldantes.
13.3. Pós Desmoldantes.
13.4. Pastas ou soluções Desmoldantes.

14. A Reprodução em Diferentes Contextos.
14.1. A Reprodução no Contexto Museológico.
14.2. A Reprodução como medida de Segurança.
14.3. A Reprodução como Objeto de Investigação.

15. Técnicas de Execução de Cópias ou Reproduções.
15.1. Por Vazamento.
15.2. Por Injeção.
15.3. Por Estratificação.
15.4. Por Eletrodeposição ou Galvanoplastia.

16. Técnicas de acabamento de Cópias.
16.1. Aplicação Direta de Pigmento no Molde.
16.2. Pintura/Reintegração.
16.3. Polimento.
16.4. Patines.

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua: desempenho prático, relatório técnico e frequência escrita. Avaliação final: exame escrito.

Bibliografia
- BRYDSON, J. (1989). Plastic Materials. London: ButterWorths

Método de interação
Aulas teórico-práticas expositivas com análise de casos práticos e aulas práticas laboratoriais com execução de exercícios práticos com diferentes tipos de moldes e materiais e apresentação de relatório dos procedimentos adotados.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável