Técnicas de Avaliação Estrutural

Mestrado em Reabilitação Urbana
5 ECTS; 1º Ano, 1º Semestre, 45,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)
- Cristina Margarida Rodrigues Costa

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
A UC tem como objetivo conferir aos alunos competência para analisar e compreender os danos e degradações das estruturas existentes e identificar as técnicas mais adequadas para caracterizar o seu estado atual e para avaliar as suas condições de segurança estrutural.

Programa
1 Conceitos gerais
1.1 Metodologias para avaliação do estado atual das construções existentes
1.2 Comportamento mecânico dos materiais e das estruturas
1.2.1 Classificação dos sistemas estruturais
1.2.2 Comportamento dos materiais
1.2.3 Mecanismos de equilibro e transmissão de cargas
1.3 Sistemas de gestão e inventário
2 Danos e degradações estruturais
2.1 Fatores de dano e mecanismos de deterioração dos materiais
2.2 Fatores de dano e mecanismos de degradação estrutural
3 Estruturas em zonas sísmicas
3.1 Sismicidade e risco sísmico
3.2 Requisitos gerais das estruturas
3.3 Vulnerabilidade sísmica de edifícios
3.4 Danos e degradações provocados pela ação sísmica
4 Observação e caracterização de estruturas existentes
4.1 Inspeções visuais
4.2 Caracterização histórica
4.3 Caracterização geométrica das estruturas
4.3.1 Técnicas de levantamento diretas
4.3.2 Técnicas de levantamento indiretas
4.4 Caracterização mecânica dos materiais
4.4.1 Ensaios não destrutivos in situ
4.4.2 Ensaios laboratoriais
4.5 Caracterização mecânica de estruturas
4.5.1 Conceitos gerais sobre instrumentação e monitorização
4.5.2 Ensaios de carga
4.5.3 Ensaios dinâmicos
4.5.4 Análise numérica
5 Avaliação da segurança estrutural de construções existentes
5.1 Critérios de verificação de segurança
5.2 Modelos de simulação estrutural

Metodologia de avaliação
A avaliação da disciplina será realizada por uma prova escrita (50%) de carácter teórico-prático (exame), sem consulta, com classificação mínima de 9 valores e um trabalho prático de grupo (50%).

Bibliografia
- Cóias, V. (2007). Reabilitação estrutural de edifícios antigos. Lisboa: Argumentum-GECoRPA
- Cóias, V. (2006). Inspecções e ensaios na reabilitação de edifícios. Lisboa: IST
- Lopes, L. (2008). Sismos e edifícios. Lisboa: Edições Orion
- Costa, A. e Appleton, J. (1999). Mecanismos de deterioração das estruturas de betão armado. Lisboa: IST

Método de interação
As aulas consistem na exposição e análise dos conceitos teóricos, apoiadas na apresentação e discussão de exemplos práticos. São propostos trabalhos aos alunos para que procedam à avaliação do estado atual de construções existentes.

Software utilizado nas aulas