Preservação de Colecções

Mestrado em Conservação e Restauro
ECTS; º Ano, , 0,0 T + 0,0 PL + 0,0 TP + 0,0 P + 0,0 TC + 0,0 S + 0,0 E + 0,0 OT + 0,0 O

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
Conhecer o contexto sociocultural, tecnológico, científico dos bens culturais
Aplicar conceitos, normas, metodologias da preservação de coleções
Desenvolver capacidades de gestão integrada de riscos
Formular planos integrados de preservação com base em monitorização e controlo de fatores de risco

Programa
A. INTRODUÇÃO À PRESERVAÇÃO DE COLEÇÕES

1. Preservação e Conservação de Coleções
1.1. Conceitos
2. Principiais Tipos de Coleções
2.1. Generalistas
2.2. Especializadas

3. Tipos de Estruturas Museológicas Existentes
3.1. Características dos Edifícios
3.2. Aspectos Relacionados com Implantação Geográfica

4. Estado actual da Preservação de Coleções
4.1. Estratégia para a Preservação de Coleções
4.1.1. Formação contínua especializada dos recursos humanos dos museus ? Técnicos, vigilantes, pessoal de apoio, de manutenção e de segurança
4.1.2. Formação inicial/contínua dos recursos humanos contratados
4.1.3. Formação inicial/contínua e do pessoal voluntário
4.1.4. Informação e apoio disponibilizados aos visitantes

B. GESTÃO INTEGRADA DE RISCOS

1. Avaliação de Riscos
1.1. Geografia Física e Social
1.2. Espaço Urbano e Envolvente do Edifício
1.3. Edifício e Espaços Interiores
1.4. Colecções ? Tipo, características e estado de conservação
1.5. Agentes de deterioração Física, Química, Biológica
1.5.1. Água, Fogo e Ar
1.5.2. Temperatura, Humidade Relativa
1.5.3. Radiação: Tipo e Origem de Iluminação
1.5.4. Contaminantes externos e internos ? Gases e partículas
1.5.5. Plantas e Animais Daninhos, Pestes e Pragas
1.6. Acção Humana
1.6.1. Furto, Roubo, Vandalismo e Deslocação
1.7. Catástrofes e Calamidades Naturais

2. Estabelecimento de Plano Integrado de Preservação

3. Estabelecimento de Planos Especializados ou Setoriais
3.1. Monitorização e Controlo Ambiental
3.2. Monitorização e Controlo de Higiene e Infestações (Pestes e Pragas)
3.3. Monitorização e Controlo de Segurança ? ativa e passiva
3.3.1. Plano de Contingência
3.3.1.1. Simulacros com as Forças de Segurança, Proteção Civil e Bombeiros
3.3.2. Plano de Emergência

4. Manutenção dos Sistemas de Apoio Técnico e de Segurança

5. Higienização dos Espaços do Museu e Envolventes ao Edifício

6. Higienização de Coleções ? Especializada ao Tipo de Bens
6.1. Limpeza
6.2. Imunização / Desinfestação

7. Manuseamento, Deslocação e Circulação Interna de Bens Culturais
7.1. Técnicas e Dispositivos Auxiliares
7.1.1. A estrutura base do bem cultural ? componentes fixos e amovíveis

8. Acondicionamento e Armazenamento de Bens em Exposição e em Reserva
8.1. Matérias, técnicas e métodos de acondicionamento
8.2. Dispositivos e técnicas de armazenamento em reservas técnicas
8.3. A estrutura base do bem cultural ? componentes fixos e amovíveis

9. Embalagem, Transporte e Circulação Externa de Bens Culturais
9.1. Materiais, tipos e técnicas de embalagem
9.1.1. Cuidados com os elementos constituintes e amovíveis
9.2. Transporte e circulação externa / trânsito
9.2.1. Deslocação e carregamento ? dispositivos de apoio
9.2.2. Regras e garantias para o transporte e circulação
9.2.2.1. O Relatório de Condição / Estado de Conservação
9.2.2.2. O Correio de Bens Culturais
9.2.3. Meios de transporte
9.2.3.1. Definição de itinerários principais e alternativos
9.2.3. Segurança passiva e activa durante o transporte e circulação

10. Montagem da Exposição
10.1. Materiais e técnicas de acondicionamento em exposição
10.1.1. Cuidados com os elementos constituintes e amovíveis
10.1.2. Tipo de dispositivos de exposição e os cuidados a assegurar
10.1.3. Monitorização e controlo ambiental (Sala e Vitrinas).

Metodologia de avaliação
Actos de Avaliação Integrada e Respectiva Ponderação
Apresentação de trabalhos teóricos/escritos:
-Trabalho de Pesquisa (60%)
-Apresentação Oral Pública do Trabalho de Pesquisa (20%)
-Ficheiro Multimédia da Apresentação Trabalho de Pesquisa (20%)

Bibliografia
- ASLHEY-SMITH, J. (1999). Risk Assessment for Object Conservation. (Vol. 1). London: Butterworth-Heinemann
- THOMSON, G. (1986). The Museum Environment. (Vol. 1). London: Butterworth-Heinemann
- SCHAFFER, T. (2001). Effects of Light on Materials in Collections: Data on photoflash and related sources. (Vol. 1). New York: The Getty Conservation Institute
- WALLER, R. (2003). Cultural Property Risk Analysis Model. (Vol. 1). Goteborg: Universitatis Gothoburgensis

Método de interação
Aulas teóricas, de carácter expositivo
Aulas teórico-práticas, com sessões de debate com base na análise critica de documentos multimédia
Orientação tutorial, apoio pedagógico, técnico e científico Apresentação de trabalhos de pesquisa dos alunos

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.