Emulsões

Fotografia
6 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 45,0 TP + 5,0 OT

Docente(s)
- Tiago Alexandre Figueiredo Cacheiro
- Alexandre José de Magalhães Figueiredo

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
Nesta unidade curricular são estudados os processos fotográficos que usam emulsão de brometo ou cloreto de prata, a preto e branco. Abordam-se tanto as emulsões de escurecimento direto, como as emulsões para revelação, para aplicação sobre papel ou na película fotográfica. Numa perspetiva histórica, estudaremos a descoberta e evolução das emulsões, bem como os aperfeiçoamentos ocorridos nos primeiros 10 anos de utilização. Serão referidos os processos de produção de uma emulsão, tanto a nível industrial como em pequena escala, em laboratório fotográfico. Estudaremos detalhadamente como a escolha dos químicos, as diferentes tecnologias de produção e a variação dos parâmetros podem influenciar as características da emulsão fabricada. O programa compreende ainda o estudo das teorias da imagem latente e da revelação, que permitiram compreender estes fenómenos. Os efeitos especiais nas emulsões e as emulsões infravermelho serão também abordados numa perspetiva prática. Serão realizados exercícios práticos com emulsão produzida comercialmente e com diversas emulsões produzidas integralmente pelos alunos, na escola, a partir dos materiais e equipamentos rudimentares. Serão experimentadas igualmente as emulsões de infravermelho.

Programa
Experiência com emulsão fotográfica industrial.
Experiência com película fotográfica sensível ao infra-vermelho.
Preparação e teste de emulsão de escurecimento directo.
Preparação e teste de emulsão lavada para revelação.
Prática de imprimir em vários suportes (madeira, têxteis, papel, etc.), com a emulsão de revelação "artesanal" produzida em contexto de aula teórico-prática ou com recurso a emulsão comercial).
Prática de produzir um negativo em vidro, com a emulsão de revelação "artesanal" produzida em contexto de aula teórico-prática ou com recurso a emulsão comercial).
Últimas aulas práticas - Realização do projeto final da UC.

Metodologia de avaliação
A avaliação é contínua e consiste:

• Presença, Participação e Assiduidade - 5%
• 5 exerc. práticos - 25%
• 1 teste de avaliação escrito - 20%
• 1 trabalho de investigação - 15%
• Projeto final - 35%

As fichas e ou relatórios dos exercícios práticos têm de ser entregues até uma semana depois da realização do exercício em questão sobre o risco de sofrer penalização de 1 valor por cada dia de atraso.

Todas os elementos de avaliação devem ser apresentados e entregues até à última aula do período de contacto.

No entanto, se o aluno necessitar de mais tempo para a execução do projeto final, a apresentação pode ser adiada para a época de exame sem prejuízo na avaliação. Sendo que a única componente que pode ser objeto de avaliação nas épocas de exame, recurso e especial é o projeto final.

Alunos que em frequência não obtenham nota final igual ou superior a 8/20 estão excluídos das épocas subsequentes.

Bibliografia
- White, L. (1995). Infrared Photography Handbook. New York: Amherst Media Inc.
- Wall, E. (1929). Photographic Emultions, their preparation and coating on glass, celluloid and paper, experimentally and on large scale. Boston: American Photographic Publishing Co.
- Zakia, R. e Current, I. e Compton, J. e Stroebel, L. (2000). Photographic Materials and Processes. London: Focal Press
- Jones, S. e Reed, M. (2001). Silver Gelatin, a User's Guide to Liquid Photographic Emultion. London: Argentum, Aurum Press Limited

Método de interação
Expositivo, aulas teóricas lecionadas com recurso a interface de projeção de diapositivos que articulam com prática laboratorial onde se procede à experimentação e aplicação dos conhecimentos adquiridos no contexto das aulas teóricas.

Software utilizado nas aulas
Adobe Photoshop
Silverfast