Bioinformática

Mestrado em Informática na Saúde (pós-laboral)
6 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 24,0 T + 12,0 TP

Docente(s)

Pré-requisitos

Objetivos
É objectivo dotar os alunos de:
1 ? Conhecimento dos princípios biológicos básicos subjacentes à área da bioinformática
2 - Conhecimentos de aplicação e desenvolvimento das principais tecnologias e algoritmos da bioinformática;
3 - Conhecimentos avançados de métodos estatísticos;
4 - Conhecimentos avançados de técnicas de extracção de conhecimento útil a partir de bases de dados biológicas de elevada dimensão e complexidade.
Competências a adquirir:
? Saber identificar os principais problemas na área da bioinformática e seleccionar os algoritmos e técnicas computacionais mais adequadas;
? Capacidade de análise e interpretação dos resultados de ferramentas de bioinformática;
? Conhecer e ser capaz de implementar os principais algoritmos de bioinformática;
? Propor e testar hipóteses de acordo com o método estatístico mais adequado no contexto da análise de dados biológicos.

Programa
Algoritmos e tecnologias da bioinformática;
Biologia molecular e celular;
Engenharia bioquímica;
Métodos estatísticos para a bioinformática;
Extracção de conhecimento em bases de dados biológicas

Metodologia de avaliação
O método de avaliação consiste na realização de uma prova escrita e na realização de um trabalho teórico-prático, sendo que ambas as componentes de avaliação contribuem com um peso de 50% da classificação final. Para obter aprovação à unidade curricular o aluno devá atingir uma classificação final, resultante da média das duas componentes de avaliação, igual ou superior a 9,5 valores.

Bibliografia
- Durbin, R. e Eddy, S. e Krogh, A. e Mitchison, G. (1998). Biological Sequence Analysis: Probabilistic Models of Proteins and Nucleic Acids. (Vol. 1). (pp. 1--). USA: Cambridge University Press
- Deonier, R. e Tavaré, S. e Waterman, M. (2005). Computational Genome Analysis: An Introduction. (Vol. 1). (pp. 1--). USA: Springer Verlag

Método de interação
Atendendo aos objectivos da unidade curricular de Bioinformática o método de ensino a praticar consiste na exposição teórica dos conteúdos programáticos previstos (aulas teóricas), na apresentação e discussão de temas com eles relacionados (aulas teórico-práticas) e ainda na resolução de exercícios e problemas práticos, usando ferramentas computacionais específicas. Estão também previstas sessões de orientação tutorial e a utilização da plataforma de e-learning como ferramenta para divulgação de informação, esclarecimento de dúvidas, envio de textos de apoio, fichas de exercícios e outros materiais.

Software utilizado nas aulas