Gestão Multicultural

Gestão de Recursos Humanos e Comportamento Organizacional
5 ECTS; 2º Ano, 2º Semestre, 60,0 TP + 15,0 OT

Docente(s)
- Maria Graciete da Purificação Reis Henriques Honrado

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
Os alunos devem ficar aptos a:
- reconhecer as especificidades das diferentes culturas;
- compreender as diferenças de valores nas sociedades e suas consequências ao nível da gestão;
- diferenciar modelos de funcionamento de gestão nas diferentes culturas;
- discriminar comportamentos organizacionais, como a liderança, típicos de diferentes culturas;
- planear a expatriação e repatriação.

Programa
Capítulo I: Introdução à Gestão Internacional de Recursos Humanos (GIRH)
• O que é a Gestão Internacional de Recursos Humanos?;
• A complexidade da GIRH;
• Diferenças entre a GIRH e a gestão doméstica dos recursos humanos;
• Estratégias de expansão internacional e ligação à GIRH;
• Missões internacionais: tendências globais.

Capítulo II: Diferentes Práticas de GIRH - USA, EUROPA, ÁSIA
• Política e práticas de gestão de recursos humanos em diferentes locais: USA, Europa e Ásia;
• A GIRH em contexto Europeu: especificidades e desafios;
• A GIRH em Portugal;
• A internacionalização das empresas Portuguesas: desafios e oportunidades para a GIRH.

Capítulo III: O Ciclo da Expatriação – Atrair, Preparar e Adaptar
• Tipologias de trabalhadores internacionais e de trabalho internacional;
• Motivos para utilizar expatriados versus motivos para aceitar uma missão internacional;
• Recrutamento, seleção e preparação para uma missão internacional;
• A formação e desenvolvimento de expatriados;
• A adaptação dos expatriados.

Capítulo IV: O Ciclo da Expatriação – Avaliar e Recompensar
• As consequências da (des)adaptação dos expatriados: desempenho, satisfação e turnover;
• A compensação de expatriados: modelos, referências e aspetos práticos.

Capítulo V: O Ciclo da Expatriação – Repatriar e Reter
• Repatriação - o outro lado da moeda?
• Outros resultados da Expatriação: implicações pessoais e profissionais de uma missão internacional;
• Desafios à retenção dos indivíduos com experiência internacional.

Capítulo VI: Desafios à GIRH – Novas Formas de Trabalho Internacional

Metodologia de avaliação
Avaliação periódica: Uma prova escrita e elaboração de um artigo científico (grupos de 2 a 3 Alunos). São aprovados e dispensados do exame os Alunos cuja nota seja igual ou superior a 10 valores, na prova escrita, e obtenham também, no mínimo, 10 valores na elaboração e apresentação do artigo científico.
Avaliação escrita, em épocas de exame estabelecidas no calendário letivo.

Bibliografia
- Martins, J. (2011). Internacionalização e Globalização de Empresas. Lisboa: Edições Sílabo
- Reis, F. e Silva, V. (2014). Capital Humano - Temas para uma boa gestão das organizações. Lisboa: Edições Sílabo
- Finuras, P. (2011). Gestão Intercultural - Pessoas e Carreiras na Era da Globalização. Lisboa: Edições Sílabo
- Rego, A. e Cunha, M. (2009). Gestão Multicultural. Lisboa: Editora RH

Método de interação
Nas sessões de cariz teórico, o Docente dá mais ênfase à apresentação e defesa de trabalhos científicos e práticos, por parte dos Alunos, o que permitirá uma melhor compreensão da teoria e proporcionará as ferramentas para enfrentar soluções reais.

Software utilizado nas aulas
Microsoft Windows.