IPT Logotipo do IPT

Banner gráfico
Banner gráfico - mobile

Mestrado em Conservação e Restauro

Ano Letivo: 2016/17

 

Oferecer uma sólida formação cultural, científica e tecnológica, sustentada por uma estrutura curricular e um plano curricular que inclui o permanente contacto com situações reais em laboratório e in situ. O modelo deste ciclo assenta no desenvolvimento de um conjunto diversificado de competências para excelentes saídas profissionais e para prosseguir estudos de pós-graduação e mestrado.

 

Objectivos

O curso pretende formar profissionais em condições de aceder à profissão de conservador-restaurador de acordo com as normas e recomendações internacionais da área da Conservação e Restauro, nomeadamente Rede Europeia para o Ensino da Conservação e Restauro (ENCoRE), de que o IPT faz parte, e da Confederação Europeia de Organizações de Conservadores- Restauradores (ECCO). Para isso, o curso articula-se de forma muito estreita com o curso de Licenciatura em Conservação e Restauro de forma que os dois, em conjunto, proporcionam a formação de 5 anos indispensável para o acesso à profissão. De uma forma mais específica, o curso pretende desenvolver e aprofundar os conhecimentos adquiridos na Licenciatura e desenvolver competências para, de uma forma criativa, crítica, autónoma e interdisciplinar, conceber, projectar e integrar produtos e processos de Conservação e Restauro, de acordo com as normas e as boas práticas internacionais.

Contactos

Coordenador(a) de Curso

António João de Carvalho da Cruz

António João de Carvalho da Cruz

Gabinete: G206
ext.: 3206
endereço de e-mail

Coordenador(a) Erasmus

Carla Maria P. Calado Rodrigues do Rego

Carla Maria P. Calado Rodrigues do Rego

Gabinete: G212 e G174
t.: 249328100
ext.: 8106 ou 3174
endereço de e-mail
Ano Letivo: 2016/17
Plano curricular
UC Área ECTS Docente
Obg. Opt.
Anual
Conservação e Restauro AplicadaConservação e Restauro 15.5
Conservação e Restauro AplicadaConservação e Restauro 15.5
1º Semestre
Arte e Cultura IHistória da Arte 5.5
Arte e Cultura IHistória da Arte 5.5
Conservação da Fotografia IOutras 4
Conservação e Reabilitação de Edifícios IOutras 4
Escultura PortuguesaOutras 4
Estética I 4
História da Arte 2 4
História da Arte IOutras 4
História das Artes DecorativasOutras 4
História e Tecnologia da TalhaOutras 4
História e Tecnologia da Talha e do MobiliárioOutras 4
Iconologia 4
Iconologia (Optativa: Opção 1)Outras 4
Impressão - serigrafiaOutras 4
Introdução aos Métodos de RepresentaçãoOutras 4
Métodos de Exame e Análise AvançadosFísica e Química 5.5
Métodos de Exame e Análise AvançadosFísica e Química 5.5
Métodos de FormaçãoOutras 4
Obra de Arte e o seu EnquadramentoOutras 4
Patologia dos MateriaisOutras 4
Património ArquitectónicoOutras 4
Património ArquitectónicoArquitectura 4
Preservação de ColecçõesConservação e Restauro 4
Preservação de ColecçõesOutras 4
Preservação de Colecções de FotografiaOutras 4
Tratamento da ImagemOutras 4
Técnicas de Reintegração CromáticaOutras 4
2º Semestre
Alteração e AlterabilidadeOutras 4
Alteração e AlterabilidadeFísica e Química 4
Arte e Cultura IIHistória da Arte 5.5
Arte e Cultura IIHistória da Arte 5.5
Conservação da Fotografia IIOutras 4
Conservação e Restauro 4Outras 4
Culto e Mundividência Sacros (Optativa: Opção 2)Outras 4
Desenho IOutras 4
Encadernação e Tratamento do Objecto GráficoOutras 4
Gestão de ColecçõesConservação e Restauro 4
Gestão de ColecçõesOutras 4
História da Arte IIOutras 4
Iconografia (Optativa: Opção 2)Outras 4
Metodologia de InvestigaçãoConservação e Restauro 4
Metodologia de InvestigaçãoConservação e Restauro 4
Metodologias Ativas de FormaçãoOutras 4
Optativa Livre UC IPT - III 0
Património IntegradoOutras 4
Património IntegradoConservação e Restauro 4
Peritagem em ArteHistória da Arte 4
Peritagem em ArteOutras 4

 

Plano curricular
UCÁrea ECTS Docente
Obr. Opt.
Anual
DissertaçãoConservação e Restauro 60
EstágioConservação e Restauro 60

Publicação em Diário da República: Despacho nº 9982/2016 - 05/08/2016


Diário da República, 2.ª série, n.º 150, Despacho n.º 9982/2016, de 5 de agosto de 2016, http://www.cr.estt.ipt.pt/doc/9982-2016.pdf

Condições de Acesso

 

Vagas

30

Propinas e métodos de pagamento

O valor da propina é de 2100,00€, podendo ser feito a pronto ou por 18 mensalidades de 117,00€.

Taxas e Emolumentos

Candidatura 60,00€.

No caso do envio da documentação por mail ou via CTT, o pagamento pode ser feito por transferência bancária para:

NIB: 0781 0112 0000 0001 2791 7

IBAN - PT50 0781 0112 0000 0001 2791 7

BIC - IGCPPTPL

O comprovativo de transferência com a indicação dos dados do aluno e com o nome de titular da conta titular deve ser enviado para - tesouraria@ipt.pt 

Documentos necessários

  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Certificado de Habilitações;
  • Cópia do bilhete de identidade ou do cartão do cidadão;
  • Cópia do cartão de contribuinte.

Calendarização

 Candidaturas - 1ª Fase

  • Candidaturas * : 03 a 28 de julho de 2017
  • Seriação/Admissão: 05de setembro de 2017
  • Afixação de resultados: 08 de setembro de 2017
  • Reclamações : 08 de setembro de 2017 As reclamações podem ser entregues ainda até ao fim do prazo previsto no Código do Procedimento Administrativo
  • Lista Definitiva : 12 de setembro de 2017 
  • Matrículas (1.º ano/1.ª vez) candidatos admitidos: 13 e 14 de setembro de 2017 

Candidaturas - 2ª Fase

  • Candidaturas * : 16 de agosto a 29 de setembro de 2017
  • Seriação/Admissão: 04 de outubro de 2017
  • Afixação de resultados: 09 de outubro de 2017
  • Reclamações : 09 de outubro de 2017 As reclamações podem ser entregues ainda até ao fim do prazo previsto no Código do Procedimento Administrativo
  • Lista Definitiva : 10 de outubro de 2017 
  • Matrículas (1.º ano/1.ª vez) candidatos admitidos: 11 a 12 de outubro de 2017

* Entrega de toda a documentação nos Serviços Académicos do IPT:

  • por correio, para a seguinte morada: Quinta do Contador - Estrada da Serra  2300-313 Tomar
  • por email, para servacademicos@ipt.pt
  • presencial ( no período entre as 09h00-12h30 e as 14h00-16h30)

- Pagamento do respetivo emolumento.  (ver opções em emolumentos)

A entrega da documentação é obrigatória e pode ser efetuada presencialmente / por CTT / mail.

Saídas profissionais

O detentor do grau de mestre, após a conclusão de dois ciclos de estudos em Conservação e Restauro, com uma formação, no total, de 5 anos (licenciatura+mestrado), está em condições de aceder à profissão de conservador-restaurador de acordo com as normas e recomendações internacionais da área da Conservação e Restauro, nomeadamente Rede Europeia para o Ensino da Conservação e Restauro (ENCoRE), de que o IPT faz parte, e da Confederação Europeia de Organizações de Conservadores-Restauradores (ECCO).

O detentor do grau de mestre pode orientar qualquer intervenção de Conservação e Restauro, designadamente em bens culturais classificados ou em vias de classificação – o que, segundo a legislação portuguesa, só é possível para quem tem 5 anos de formação em Conservação e Restauro (Decreto-Lei n.º 140/2009) e 5 anos de experiência profissional após a obtençaõ do grau.

A acção do mestre em Conservação e Restauro, que, além da Conservação e Restauro propriamente dita, abrange a salvaguarda, a valorização e a preservação dos bens culturais, pode desenvolver-se em entidades da administração central e local, museus, Misericórdias, fundações, monumentos, palácios, igrejas, conventos, sítios arqueológicos, antiquários, leiloeiros, transportadoras de bens culturais, empresas de gestão de bens culturais, gabinetes de projecto para conservação e restauro do património e laboratórios de investigação científico-tecnológica.

Locais de funcionamento

Tomar

Tomar

Parcerias

  • DGPC – Direcção Geral do Património-Cultural
  • Autarquias
  • Misericórdias
  • Dioceses
  • Instituições estrangeiras com actividade em Conservação e Restauro
  • Empresas nacionais de Conservação e Restauro
Ano Letivo: 2016/17
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
Financiamentos