Gestão de Destinos Turísticos

Gestão Turística e Cultural, Publicação em Diário da República - Despacho nº 14880/2013 de 15/11/2013

5 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 30,0 TP

Docente(s)
- Maria Rita de Oliveira Nunes D'Angelis

Pré-requisitos
N/A

Objetivos
Os alunos deverão ser capazes de:
- Reconhecer a importância da política turística local e regional na gestão dos destinos turísticos;
- Reconhecer a importância do turismo para a redução das desigualdades económicas entre regiões (ODS 10);
- Conhecer as teorias de desenvolvimento regional;
- Reconhecer a importância da política regional europeia e as suas implicações na atividade turística;
- Reconhecer as relações de atividades económicas que se podem gerar no interior de uma região;
- Compreender as inter-relações existentes entre turismo, diferenciação territorial e competitividade.

Programa
1.Introdução à Gestão de Destinos turísticos
1.1.Stakeholders do turismo
1.2.Organização
1.3.Criatividade
1.4.Liderança
1.5.A competitividade dos destinos turísticos
2.Turismo e desenvolvimento regional
2.1.Conceitos de região de turismo e de destino turístico.
2.2.Turismo e Desenvolvimento Regional no desenvolvimento turístico regional
2.3.Envolvimento estatal no desenvolvimento do turismo a nível regional.
2.4.Turismo, redesenvolvimento urbano e regeneração rural.
2.5.Desenvolvimento do Turismo em Regiões Periféricas.
2.6.Regiões Internacionais.
3.A política regional da União Europeia.
3.1.Os fundamentos da política regional.
3.2.A problemática dos desequilíbrios espaciais.
4.Turismo, economia e regiões.
4.1.Aspetos económicos do turismo.
4.2.Sistemas Regionais de Turismo e Destinos Turísticos
5.Inovação no Turismo e Diferenciação dos Destinos.
5.1.Sistemas Regionais de Inovação e Turismo
5.2.Clusters turísticos
5.3.Análise de clusters turísticos
5.4.Análise estratégica de destinos turísticos
5.5.Inovação, Diferenciação e Território
6.Competitividade e Sustentabilidade em Turismo.
6.1.Competitividade em turismo.
6.2.Turismo, território e sustentabilidade.

Metodologia de avaliação
1.1. Avaliação contínua:

1.1. Testes de avaliação contínua - equivale a 40% da nota final;

1.2. Trabalho #1 (grupo)- equivale a 40% da nota final;

1.3. Trabalho #2 (individual)- Fichas de trabalho a elaborar em cada aula - equivale a 20% da nota final.

2. Época de Exames:

2.1. A classificação no exame e recurso escrito equivale a 100% da nota.

Bibliografia
- Buhalis, D. e Costa , C. e Panyik, E. (2014). European Tourism Planning and Organisation Systems: The EU Member States. Bristol: Channel View Publications
- Costa, C. e Panyik, E. e Buhalis, D. (2013). Trends in European Tourism Planning and Organisation.. Bristol: Channel View Publications
- Romão, J. (2013). Turismo e Lugar: diferenciação territorial, competitividade e sustentabilidade em turismo. Lisboa : Escolar Editora
- Vignati, F. (2020). Gestão de destinos turísticos: como atrair pessoas para polos, cidades e países. (Vol. 1). Rio de Janeiro: SENAC

Método de interação
A uc será lecionada com recurso a aulas teóricas e a aulas teórico-práticas. As teóricas terão como finalidade realizar uma análise dos conteúdos, em termos conceptuais e teóricos.As teórico-práticas propõem uma discussão de cariz mais operacional.

Software utilizado nas aulas
Powerpoint 2016, Zoom, Teams