Seminário de Investigação

Administração Pública
15 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 45,0 TP + 135,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
No final do curso os alunos devem ser capazes de desenvolver competências de observação, análise, reflexão,
teorização e produção de conhecimentos.
Devem ainda estar aptos a apoiar a concepção, construção e fundamentação de projetos de investigação contextualizada.

Programa
A investigação como produção de conhecimento: questões
epistemológicas e metodológicas gerais. Construção de um projecto
de investigação. Apresentação e divulgação da investigação:
produção de conhecimento e a qualidade da apresentação.

Metodologia de avaliação
Workshops sobre métodos de pesquisa e elaboração de uma
dissertação, bem como sobre métodos de investigação empírica.
Apresentação e discussão de trabalhos recentemente publicados,
escolhidos e apresentados por cada aluno em cada sessão.

Bibliografia
- Albarello, L. e , . (1997). Práticas e Métodos de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva
- Cortesão, L. (1995). Avaliação na Investigação ? Acção, in Ciências da Educação: Investigação e Acção. (Vol. I). Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação
- Eco, U. (1998). Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. Lisboa: Editorial Presença
- Campenhoudt, L. e Quivy, R. (1992). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva

Método de interação
Expositivo; apresentação e defesa de vários Projetos de Investigação, pelos alunos, ao longo de um pequeno estágio e acompanhados de orientadores na organização e na ESGT.

Software utilizado nas aulas