Emulsões

Fotografia, Publicação em Diário da República - Despacho n.º 8645/2020 - 08/09/2020

6 ECTS; 3º Ano, 1º Semestre, 45,0 PL + 30,0 TP + 5,0 OT

Docente(s)
- Marta Sicurella
- Alexandre José de Magalhães Figueiredo

Pré-requisitos
NA

Objetivos
a) Estudo dos processos fotográficos que usam emulsão de brometo ou cloreto de prata, a preto e branco.
b) Processos de produção de uma emulsão, tanto a nível industrial como em pequena escala, em laboratório fotográfico.
c) Estudos de como a escolha dos químicos, as diferentes tecnologias de produção e a variação dos parâmetros podem influenciar as características da emulsão fabricada.
d) Estudo das teorias da imagem latente e da revelação
e) Efeitos especiais nas emulsões e as emulsões infravermelho numa perspetiva prática.
f) Realização de exercícios práticos com emulsão produzida comercialmente e com diversas emulsões produzidas integralmente pelos alunos, na escola, a partir dos materiais e equipamentos rudimentares.

Programa
1) Experiência com película fotográfica sensível ao infravermelho.
2) Experiência com emulsão fotográfica industrial:
a) Prática de impressão em papel
b) Prática de imprimir em vários suportes (madeira, têxteis, papel, etc.), com a emulsão de revelação "artesanal" produzida em contexto de aula teórico-prática ou com recurso a emulsão comercial.
3) Preparação e teste de emulsão lavada para revelação:
a) Prática de produzir um negativo em vidro, com a emulsão de revelação "artesanal" produzida em contexto de aula teórico-prática ou com recurso a emulsão comercial.
b) Captura em câmara de grande formato e positivação em papel RC.

Últimas aulas práticas - Realização do projeto final da UC.

Metodologia de avaliação
A avaliação é contínua e consiste:
Presença,Participação,Assiduidade-5%
3 exercícios práticos-30%
1 teste avaliação escrito-25%
Projeto final-40%
Fichas ou relatórios práticos têm de ser entregues até 1 semana depois da realização dos mesmos sob o risco de penalização (1 valor/dia de atraso). Todos os elementos de avaliação devem ser entregues até à última aula do período de contacto.
Para aprovar o aluno deverá, no final da Época Normal, ter entregue todos os exercícios práticos (com classificação mínima de 8/20 valores/cada), ter realizado o teste escrito e, ter
entregue o projeto final.
A obtenção de classificação inferior a 8/20 valores em qualquer exercício prático ou a não
entrega dos mesmos significa reprovação/exclusão de exame e épocas de avaliação
subsequentes. Assim, para aprovar deverá obter classificação mínima de 9,5/20 valores na
média ponderada dos elementos acima descritos.
Época Exame: Os únicos elementos de avaliação alvo de melhoria são, teste de avaliação e
projeto final. O aluno proposto a exame deverá a) realizar um exame oral; b) realizar melhoria do
projeto final, c) a combinação dos anteriores. Realizada a melhoria, o aluno para aprovar deverá
obter classificação mínima de 9,5/20 valores na média ponderada dos 4 elementos de avaliação
acima propostos.
Época Recurso/Especial/Finalista: Aplica-se a mesma estratégia da época de exame.

Bibliografia
- White, L. (1995). Infrared Photography Handbook. New York: Amherst Media Inc.
- Wall, E. (1929). Photographic Emultions, their preparation and coating on glass, celluloid and paper, experimentally and on large scale. Boston: American Photographic Publishing Co.
- Zakia, R. e Current, I. e Compton, J. e Stroebel, L. (2000). Photographic Materials and Processes. London: Focal Press
- Jones, S. e Reed, M. (2001). Silver Gelatin, a User's Guide to Liquid Photographic Emultion. London: Argentum, Aurum Press Limited

Método de interação
A - Método de interação expositivo, aulas teóricas lecionadas com recurso a interface de projeção
B - Prática laboratorial onde se procede à experimentação e aplicação dos conhecimentos adquiridos no contexto das aulas teóricas.

Software utilizado nas aulas
Adobe Photoshop
Silverfast