Técnicas de Intervenção em Estruturas

Mestrado em Reabilitação Urbana
5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 45,0 TP + 2,0 OT

Docente(s)
- Cristina Margarida Rodrigues Costa

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
A unidade curricular tem como objetivo conferir aos alunos competência para: analisar e compreender técnicas de intervenção de reabilitação, reforço e consolidação de estruturas; identificar as soluções mais adequadas para casos específicos de avarias estruturais e dimensionar esses reforços.

Programa
1 Conceitos gerais sobre intervenção no património edificado. 2 Técnicas de intervenção em estruturas. 3 Dimensionamento de reforços para estruturas de construção tradicional em paredes de alvenaria e pavimentos de madeira e para estruturas de betão armado.

Metodologia de avaliação
A avaliação da unidade curricular será realizada por uma prova escrita (60%) de carácter teórico-prático (exame), com consulta, com classificação mínima de 9 valores e um trabalho prático de grupo (40%).

Bibliografia
- Freitas, V. (2006). 2º Encontro nacional sobre patologia e reabilitação de edifícios. Porto: FEUP
- Appleton, J. (2003). Reabilitação de edifícios antigos. Lisboa: Orion
- FIB, . (1991). Guide to good practice: Repair and strengthening of structures. London: Thomas Telford
- Costa, A. (2005). A intervenção no património. Práticas de conservação e reabilitação. Porto: FEUP

Método de interação
As aulas consistem na exposição e análise dos conceitos teóricos, apoiadas na apresentação e discussão de exemplos práticos. São propostos trabalhos aos alunos para que dimensionem soluções de reforço para casos específicos de avarias estruturais.

Software utilizado nas aulas