Seminários de Arte Contemporânea II

Artes Plásticas - Pintura e Intermédia
4 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 60,0 S + 7,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos

Objetivos
Esta cadeira visa colmatar uma importante lacuna na formação da maioria dos alunos de artes plásticas: o enorme desconhecimento em relação às especificidades da actividade dos agentes mediadores, como sejam curadores, galeristas, críticos de arte, programadores e agentes de arte ? agentes que assumem cada vez maior protagonismo e com quem qualquer artista deve saber trabalhar. Nesse sentido, preparam-se os alunos para receber periodicamente alguns daqueles agentes, que virão falar do seu campo específico de acção e responder, num diálogo informal, a qualquer dúvida expressa pelos alunos. Estes encontros permitem ainda dar a conhecer os trabalhos dos alunos ? e o próprio curso ? no sentido em que serão programadas visitas aos ateliês.

Organizar-se-á também a vinda de artistas jovens, emergentes ou já com um percurso firmado, que farão uma apresentação do seu trabalho e falarão sobre a forma como conseguiram a atenção de críticos, galeristas e comissários.

Fomentar-se-á uma dinâmica tutorial, em que se pedirá aos alunos que mostrem as pesquisas e os projectos a desenvolver em ateliê, bem como que produzam discurso sobre os seus próprios trabalhos.

Programa
Temas de Arte Contemporânea com foco nos interesses individuais nos alunos.

A estrutura do pensamento artístico e os modelos heurísticos.

Arte Contemporânea e as práticas de atelier e pós-atelier.



Os alunos deverão apresentar uma pesquisa sobre os temas abordados nas aulas e fazer um relatório que sintetize a visita de cada convidado.


Será pedido a cada aluno que organize um dossier com no

Metodologia de avaliação
A avaliação dos conteúdos propostos será efectuada com a realização de trabalhos teóricos a desenvolver durante o período de aulas e em relação directa aos seminários temáticos propostos pelo docente.

Os alunos deverão realizar um conjunto de textos escritos propostos pelo docente que interliguem os objectivos individuais do trabalho criativo do aluno com os temas propostos durante as diversas actividades da disciplina.


Avaliação contínua: a nota final será um somatório das notas de cada um dos textos propostos bem como de uma ponderação do impacto dessa construção teórica no trabalho prático/autoral do aluno.

Avaliação Final ? Estão dispensados da avaliação final os alunos que na avaliação contínua obtenham nota igual ou superior a 10 valores.

Serão excluídos da avaliação final os alunos que não tenham assiduidade a, pelo menos, 2/3 das aulas práticas ou não tenham realizado os trabalhos solicitados ou que, realizando-os, obtenham nota inferior a 10 valores.

Elementos de avaliação contínua:

? Assiduidade
? Interesse e participação
? Qualidade dos relatórios apresentados
? Progresso dos alunos ao longo do ano lectivo na relação entre a prática criativa e as qualidades auto-críticas desenvolvidas face ao seu trabalho prático.

Bibliografia

Método de interação
Aulas expositivas/Seminários temáticos e tutorias individuais teórico-práticas.

Software utilizado nas aulas