Desenho II

Artes Plásticas - Pintura e Intermédia
8 ECTS; 2º Ano, 1º Semestre, 15,0 T + 75,0 PL + 15,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos
Conhecimento do vocabulário específico do desenho e domínio das técnicas de registo gráfico.
Capacidade de leitura e interprtetação imagética.

Objetivos
Com forte componente prática, o discente deverá compreender a disciplina como um território de experimentação, não só no plano das especificidades processuais e conceptuais, mas também como veículo formador de um pensamento visual que lhe permita encontrar pistas para desenvolver um discurso pessoal

Programa
O uso do desenho como instrumento de interpretação da ideia, configurando-a.
Desenvolvimento dos elementos e estruturas de expressão gráfica como: escalas, proporções, eixos, enquadramentos e de variantes de expressão plástica pessoais, que vão no sentido da constituição de um discurso visual próprio.
Análise e capacidade de interpretação/expressão visual de imagens.

Metodologia de avaliação
A avaliação será contínua e efectuada através da realização dos exercícios teórico-práticos, sendo também elementos de avaliação: a assiduidade, participação, realização de exercícios complementares e o progresso do aluno ao longo do ano lectivo.

Bibliografia
- Molina, G. e José, J. (1999). Estrategias del Dibujo en el Arte Contemporáneo. Madrid: Cátedra
- José, J. e Molina, G. (1999). Las Lecciones del Dibujo. Madrid: Cátedra
- AA. VV., .. (1999). O Génio do Olhar. Desenho como Disciplina. Lisboa: Instituto de Arte Contemporânea
- AA. VV., .. (2000). A Indisciplina do Desenho. Lisboa: Instituto de Arte Contemporânea

Método de interação
O confronto com exercícios que suscitarão o desenvolvimento de propostas plásticas/projectos de desenho com duração controlada, ao longo dos quais serão expostos conteúdos teóricos e práticos do programa, para além de ser estimulado o sentido crítico

Software utilizado nas aulas