História Brasileira

Pós-Graduação em Arqueologia, Gestão e Educação Patrimonial
ECTS; º Ano, , 0,0 T + 0,0 PL + 0,0 TP + 0,0 P + 0,0 TC + 0,0 S + 0,0 E + 0,0 OT + 0,0 O

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
Compreensão aprofundada do tema "A Amazónia Seiscentista e o Padre António Vieira", procurando-se apresentar, para além dos factos, uma análise dos horizontes intelectuais e culturais em que este se moveu, à luz dos principais autores que o marcaram e considerando importantes documentos de Portugal.

Programa
A Amazónia Seiscentista e o Padre António Vieira

1. Do início do Século XVII à Conquista da Cidade de São Luís do Maranhão (Novembro de 1614)
1.1. A política colonial no avanço para o norte e o interior: as fronteiras em finais do século XVI
1.2. Da Conquista de São Luís ao estabelecimento do Estado do Maranhão e Pará (Novembro de 1614 a 1621/1626)
1.3. O estabelecimento da sociedade e dos poderes, civis e eclesiásticos, e a sua evolução ao longo de seiscentos
2. A Companhia de Jesus no Maranhão e Pará: dos primórdios à chegada de António Vieira (1614-1653)
2.1. De 1615 a 1622
2.2. De 1622 a 1636/1643
2.3. De 1644 a 1653
3. Dos dois ciclos de poder Jesuítico (1653-1661 e 1680-1684) à Repartição das Missões de 1693
3.1. de 1653 a 1661
3.2. De 1663 a 1680
3.3. de 1680 a 1684
3.4. de 1684 a 1686
4. A Amazónia na vida e obra do Padre António Vieira
4.1. Os sermões políticos de Vieira ligados à sua acção amazónica: Principais aspectos:
4.1.1. A denúncia dos cativeiros e as controvérsias a respeito;
4.1.2. Denúncias de injustiças sociais e dos interesses;
4.1.3. Missões e poderes: a complexidade das polémicas e a argumentação
4.2. Os horizontes intelectuais da acção: os ecos longínquos das controvérsias de Salamanca e de alguns autores em particular
4.2.1. Bartolomeu de Las Casas
4.2.2. Francisco de Vitória
4.2.3. Juan de Solórzano Pereira
4.2.4. A projecção das perspectivas destes autores na organização missionária e nos discursos sobre os poderes régios e o Padroado
4.2.5. A título de Conclusão: o Humanismo de Vieira: um humanismo cosmopolita e de feição ibérica

Metodologia de avaliação
Aulas teóricas expositivas, acompanhadas de projecções e análises de textos, documentos, mapas e algumas imagens do património arquitectónico e artístico relacionado com os temas abordados.

Bibliografia
- Azevedo, J. (1930). Os Jesuítas no Grão-Pará - Suas Missões e a Colonização. Coimbra: Imprensa da Universidade
- Cidade, H. (1940). Padre António Vieira. (Vol. 4 vs.,). Lisboa: Agência Geral das Colónias
- Larcher, M. (1992). Coesão e Revolta no Maranhão Seiscentista: os Conflitos entre Poderes Civis e Eclesiásticos in Rebelión y Resistencia en el Mundo Hispánico del Siglo XVII, Actas del Coloquio Internacional de Lovaina,. (pp. 192-204). Leuven: Leuven University Press
- Larcher, M. (1993). Tensões Entre Episcopado e Clero Missionário na Amazónia na Transição do Século XVII para o XVIII, in Actas do Congresso Internacional de História da Missionação Portuguesa e Encontro de Culturas, 4 vs., Braga, 1993, v.III. (Vol. III). (pp. 671-697). Braga: Universidade Católica Portuguesa

Método de interação
Aulas teóricas expositivas, acompanhadas de projecções e análises de textos, documentos, mapas e algumas imagens do património arquitectónico e artístico relacionado com os temas abordados.

Software utilizado nas aulas
Apresentações em Power Point