Tecnologia da Fundição

Engenharia Mecânica
4.5 ECTS; 3º Ano, 1º Semestre, 30,0 TP + 15,0 P + 15,0 TC + 3,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos
Cîência dos Materiais; Mecânica dos Fluídos.

Objetivos
Ministrar aos alunos os conhecimentos básicos teóricos, práticos e laboratoriais que garantam uma compreensão dos processos, no âmbito da Tecnologia da Fundição.
Pretende-se, que os alunos adquiram as competências necessárias para desenvolverem o projecto de peças produzidas por fundição.

Programa
1. Fundição
1.1. Introdução
1.2. Classificação dos diversos tipos de fundição
1.3. Descrição das fases principais do processo produtivo
1.4. Vantagens e desvantagens do processo de fundição
1.5. Nomenclatura usada na fundição
1.6. Critérios de seleção
1.7. Descrição dos processos de moldação
2. Fusão dos metais
2.1. Caracterização das ligas metálicas mais usadas na fundição
2.2. Solidificação de metais puros e ligas
2.3. Solidificação na fundição
2.4. Defeitos de fundição
2.5. Fornos de fundição
3. Moldes, caixas de machos e moldações
3.1. Ensaios de areias de moldação
3.2. Sistemas de enchimento
3.3. Sistemas de alimentação
3.4. Projeto de sistemas de alimentação e de gitagem utilizados em fundição
4. Fundição injetada em molde permanente de aço
4.1. Desenvolvimentos tecnológicos na área do projeto e simulação
5. Considerações de projeto
5.1. Projeto de uma peça para fundição por areia

Metodologia de avaliação
Os alunos são avaliados por meio de trabalhos de laboratório (15%), trabalhos teórico práticos (70%)e de trabalhos de campo(15%).

Bibliografia
- Carvalho Ferreira, J. (1999). Tecnologia de Fundição. (Vol. 1). (pp. 1-544). Portugal: Fundação Caloute Gulbenkian

Método de interação
Aulas teórico-práticas expositivas, onde se descreve e exemplifica a aplicação dos príncipios fundamentais. Aulas laboratoriais onde se executam diversos trabalhos experimentais. Aulas de campo onde se realizam trabalhos de campo nas industrias.

Software utilizado nas aulas
SolidWorks; MoldDesign; Word; Excel; PowerPoint