Resultados da aprendizagem

 


Os alunos do curso de Gestão e Administração de Serviços de Saúde, no final da formação, enquanto licenciados, terão uma competência genérica para o exercício da profissão, devendo ser capazes de: 

  1. demonstrar conhecimentos (saberes) sobre o contexto atual do sistema de saúde, elementos básicos de raciocínio económico, princípios de epidemiologia e a sua aplicação prática e à gestão clínica, bem como sobre os modelos organizativos convencionais e inovadores da hospitalização, com e sem internamento, da consulta externa e da urgência hospitalar e suas implicações económicas e organizacionais, internas e externas;
  2. conhecer modelos actuais de gestão de unidades clínicas, públicas e privadas de unidades com diferente dimensão;
  3. dominar conceitos e desenvolvido competências no domínio da operacionalização e da aplicação de instrumentos de gestão, capazes de potenciar a eficiência e a eficácia das unidades de saúde, atendendo às especificidades e características da tipologia de organizações existentes nesta área. Tipologia essa que compreende as organizações prestadoras de serviços de saúde (hospitais, centros de saúde, clínicas, etc.).
  4. Demonstrar competências em contextos disciplinas específicos como a análise estratégica e das tendências na saúde, sistemas de informação, as dinâmicas e evolução da saúde pública e da saúde ocupacional, focalizando a aquisição de conhecimentos práticos para a gestão das áreas centrais das empresas e organizações do sector como a gestão da inovação e da mudança, da qualidade da saúde, a gestão de equipas em saúde, o apoio à decisão e à gestão financeira, a avaliação de investimentos em saúde e o apoio à gestão dos cuidados clínicos, assim como a programas de mudança organizacional em unidades de saúde.