Resultados da aprendizagem

 

A Manutenção de Instalações Técnicas é o principal garante de um edifício vivo funcional e duradouro. Incluindo a formação nas seguintes áreas: Fornecimento de energia - gás, electricidade e fontes renováveis; Aquecimento e ar condicionado; Água, drenagem, bombagem e canalizações; Iluminação natural e artificial; Elevadores e escadas rolantes; Ventilação e refrigeração; Linhas de comunicação, telefónicas e redes IT; Sistemas de segurança e
alarme; Protecção e detecção de incêndios. O ciclo de estudos enquadra e interliga diferentes especialidades, recupera e potencia os benefícios desta interdisciplinaridade, traduzindo-se, de forma evidente, numa capacidade de resposta mais eficaz às solicitações das organizações e dos cidadãos, aspecto particularmente relevante na sociedade exigente e concorrencial dos nossos dias.
• Assegurar uma especialização de natureza profissional, capaz de permitir a intervenção de forma interdisciplinar nas diversas especialidades da área das instalações e equipamentos em edifícios, nomeadamente em aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC), redes de fluidos, instalações eléctricas, domótica, redes dados e comunicações, protecção e segurança, acústica, iluminação entre outras, desde a fase do projecto, à construção
e manutenção;
• Formar profissionais capazes de contribuir para a melhoria da qualidade dos edifícios e dos seus equipamentos, nos aspectos de funcionamento, conforto, segurança e utilização racional da energia;
• Suprir uma necessidade premente do mercado, através da formação de profissionais com um perfil abrangente e adequado nas áreas de engenharia relacionadas com instalações e equipamentos;
• Ser motor de spinoffs ou startups, estimulando e apoiando os alunos no desenvolvimento de projectos empresariais motores de mudança, que contribuam para o desenvolvimento de uma sociedade inovadora e competitiva.
Desenvolver competências nos domínios das Metodologias de Projeto e Desenvolvimento de Produtos e Equipamentos, das Tecnologias de Transformação de Matérias-Primas, da Tecnologia dos Materiais, e da Automação e Controlo de Processos, tendo em conta o definido no DL n.º 74/2006 de 24 de Março e seguintes.