História Económica e Política

Comunicação Social
5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 45,0 T + 15,0 TP + 5,50 OT

Docente(s)
- Ana Cláudia Leal Marques Pires da Silva Mendes Pinto

Pré-requisitos
NA

Objetivos
Os estudantes devem ser capazes de conhecer os principais factos económicos que, na história moderna do mundo ocidental,determinaram em medida substancial, a configuração do mundo e da sociedade atuais

Programa
I. A era das revoluções
1. A revolução industrial
2. Os factores determinantes da revolução industrial na Grã Bretanha
3. Os efeitos da revolução industrial britânica
4. A revolução francesa
5. A economia francesa antes da revolução
6. Efeitos da revolução francesa
II. A industrialização no século XIX e o surgimento de um novo mundo
1. A supremacia britânica
2. A evolução europeia na primeira metade do século XIX : as revoluções liberais
3. A evolução europeia na segunda metade do século XIX: industrialização e concentração do capital.
4. Novas potências económicas e o desenvolvimento na periferia: Estados Unidos,Japão, Rússia, América Latina e o Império Otomano.
5. Imperialismo europeu e colonialismo.
III. A evolução da sociedade industrial no século XIX
1. A segunda revolução industrial
2. A evolução da empresa
3. O primeiro sistema monetário internacional: o nascimento do padrão ouro.
4. Aspectos sociais e políticos das transformações do capitalismo no século XIX: a estratificação social, as ideias socialistas, os sistemas de segurança social.
IV. O mundo em guerra
1. A primeira guerra mundial: antecedentes e sequelas
2. O tratado de Versalhes
3. A revolução russa
4. A grande depressão
5. Ascensão dos fascismos
V. A segunda guerra mundial
1. A destruição da Europa e a emergência das superpotências.
2. A cortina de ferro e a reconfiguração territorial
3. A nova ordem internacional e a descolonização europeia
4. Novo sistema monetário internacional: os acordos de Bretton Woods, o plano Marshall e a Comunidade Económica Europeia.
5. A competição dos sistemas: Keynesianismo e estado social contra socialismo real.
VI. A caminho da sociedade pós industrial
1. Maio de 68 e flower power: a maioridade dos baby-boomers
2. Do fim de Bretton Woods à serpente monetária europeia; o dólar flutuante
3. A primeira crise do petróleo
4. Implosão da União soviética
5. A terceira revolução tecnológica
6. A globalização, a desregulação dos mercados e o mundo multipolar
7. O sistema global: o Fundo Monetário Internacional(FMI), as Negociações Comerciais Multilaterais (NCM), a Organização Mundial do Comércio (OMC).
8. Preocupações com o ambiente e os recursos naturais
VII. A modernidade radical: a transição para um mundo imprevisível
1. Um mundo multipolar e os blocos regionais
2. União europeia, NAFTA, Mercosul, CEDEAO, ASEAN como modelos, mais ou
menos acabados, de blocos.
3. A transformação da Rússia num produtor de matérias primas.
4. Os BRIC ? as novas economias emergentes.
5. Pós modernidade, sociedade pós-industrial ou modernidade-radical.
6. A sociedade em rede
7. Conflitos potenciais para o século XXI

Metodologia de avaliação
Av. Continua/Periódica- Frequência (50%) + trabalhos (50%). A aprovação à unidade curricular far-se-á com a classificação final (média aritmética simples) mínima de 10 valores.
Av. Final - classificação final mínima de 10 valores

Bibliografia
- CAMERON, R. (2000). História Económica do Mundo. Lisboa: Publicações Europa-América
- BRASSEUL, J. (2014). História Económica do Mundo. lisboa: Edições Texto & Grafia
- VALÉRIO, N. e MATA, E. (2007). História Económica de Portugal. Lisboa: Editorial Presença
- Valério, N. e Nunes, A. (1995). O Crescimento Económico Moderno. Lisboa: Editorial Presença

Método de interação
Aulas teóricas com exposição das matérias seleccionadas e orientação do estudo; aulas teórico-práticas em que se relacionarão notícias diárias com os acontecimentos e situações históricas que se irão expondo.

Software utilizado nas aulas