IPT Logotipo do IPT

Segurança e Proteção Civil

À Conversa com o Diretor

 

 

Nome do curso: Segurança e Proteção Civil

Grau: Formação Superior de Nível 5

Diploma: Técnico Superior Profissional em Segurança e Proteção Civil

Duração: 2 anos

Escola: Escola Superior de Tecnologia de Tomar

Nome do Diretor: Maria de Lurdes Belgas da Costa Reis

Formação do Diretor de curso: Doutoramento em Engenharia Civil

 

 

Em que consiste este curso?

R: O Curso Superior Técnico Profissional em Segurança e Proteção Civil consiste numa formação que confe, aos seus estudantes, um conjunto de conhecimentos, competências técnicas e operacionais de apoio à liderança em situações de emergência, prevenção e avaliação de riscos.

Entre as muitas atividades, no domínio da Proteção Civil, este curso possibilita ao estudante desenvolver atividades de segurança, proteção e socorro, para a articulação e implementação de planos estratégicos de ação no âmbito do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS).

Para além de preparar o futuro técnico para operar no contexto atual, este curso prepara os seus estudantes para o desenvolvimento de competências para cenários futuros.

 

Quais as competências que os alunos podem adquirir?

R: Entre as várias competências adquiridas no curso, destacam-se:

  • Participar na elaboração de planos estratégicos de ação de resposta a uma emergência;
  • Articular atividades de Proteção Civil no âmbito do SIOPS;
  • Participar em atividades operacionais de segurança, proteção e socorro em cenários de emergência;
  • Organizar a mobilização de recursos materiais, humanos e técnicos para um determinado cenário de intervenção;
  • Identificar e caracterizar os riscos naturais, tecnológicos e mistos;
  • Assessorar a elaboração de projetos de gestão florestal, ambiental e do território;
  • Participar na elaboração estudos de impactes ambientais;
  • Participar em equipas de elaboração e intrepertação de cartografia de risco, e outras


Quais as profissões no mercado associadas a este curso?

R: Todas as profissões diretamente relacionadas com as atividades da Proteção Civil, nomeadamente:

 - Técnicos Municipais de Proteção Civil;

-  Operacionais de Segurança e Proteção Civil;

- Técnicos de empresas de consultadoria e prestação de serviços na área da segurança e Proteção Civil

- Técnicos de empresas de equipamentos e produtos no âmbito da segurança contra incêndio

- Agentes de empresas de materiais de segurança passiva ou de agentes extintores

- Consultores de segurança e/ou gestão de riscos

- etc.


Porquê escolher este curso?

- Este curso oferece uma formação técnica de excelência, no âmbito da Segurança e Proteção Civil.

- Permite a  integração dos estudantes, em várias  empresas e entidades, para a realização de 640 h de formação em contexto de trabalho (Estágio).

- É um dos poucos CTeSPs nacionais no domínio da Proteção Civil.

- Tem a colaboração de uma ampla rede de entidades de relevância no panorama Nacional da Proteção Civil, entre as quais se destaca a ANEPC e a ENB e outras como o ICNF e a ADAI.

- Colabora com várias empresas e Câmaras Municipais que, através dos seus Gabinetes de Proteção Civil, proporcionam a realização dos estágios curriculares.

- É uma formação transdisciplinar que possibilita a evolução e adaptação para várias formações específicasno domínio da Proteção Civil


Porquê vir estudar para o IPT?

R:  Porque é a única Instituição de Ensino Superior, nacional, a ministrar este curso específico -  Segurança e Proteção

Civil. O corpo docente é dedicado e de formação elevada que é complementada, na vertente prática, por operacionais da ANEPC

    Porque a cidade de Tomar oferece boas condições para os estudantes, tanto ao nível de transportes, como de            qualidade de vida.

   Porque têm boas condições para a realização da componente prática do curso.

 

O currículo do curso poderá sofrer alterações?

Sim.

Este curso está na sua 7ª edição. Durante estes anos a Comissão de Curso, ouviu os estudantes, professores e as entidades têm vindo a colaborar, no sentido de se proceder a uma atualização do currículo do curso, suprimindo UCs consideradas menos interessantes para perfil desejado, acrescentando novas UCs com conteúdos mais apelativos e  interessantes. Também se verificou ser necessário reduzir as horas de contacto.

A proposta de alteração foi já entregue à DGES, aguardando-se a resposta. 
Esperamos iniciar o ano letivo de 2023/2024 com o novo currículo.

 

O curso funciona fora do IPT?

Sim.

Foram abertas, ao abrigo do PRR, duas turmas a estão funcionar em Sintra na ENB e na EPAV.

 

 
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
portugal2020
centro2020
compete2020
crusoe
fct
feder
fse
poch
portugal2030
poseur
prr
republica
UE next generation
Centro 2030
Lisboa 2020
co-financiado