IPT Logotipo do IPT

Conservação e Restauro

Conservação e Restauro do Património Arquitetónico

<< voltar ao Plano Curricular

7 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 15,0 T + 60,0 PL + 3,0 OT , Cód. 938087.

Docente(s)
- Fernando Manuel Conceição Costa (1)(2)

(1) Docente Responsável
(2) Docente que lecciona

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
1. Desenvolver a capacidade de observação da obra de arte, necessária para analisar e elaborar diagnósticos prévios à intervenção;
2. Desenvolver a capacidade de pesquisa gráfica, fotográfica e bibliográfica, assim como meios complementares de investigação para auxílio à intervenção;
3. Desenvolver a capacidade de síntese da documentação criada durante a obra através da elaboração de um relatório final à semelhança dos relatórios exigidos pelo Decreto-Lei 140 de 2009;
4. Desenvolver as capacidades técnicas necessárias para o trabalho em contexto de obra de conservação e restauro, aplicando os conhecimentos adquiridos na prática.

Programa
1. Degradação natural:
1.1. Alteração Química da pedra,
1.2. Alteração Física da pedra.
2. Degradação em obra:
2.1. A ação da biodegradação,
2.2. Os efeitos do gelo e dos sais solúveis,
2.3. Os efeitos das variações térmicas.
3. Poluição atmosférica:
3.1. Os efeitos da poluição atmosférica: Efeito químico.
4. Biodeterioração:
4.1. Plantas superiores,
4.2. Fungos e Líquenes,
4.3. Algas,
4.4. Bactérias.
5. Formas de alteração e degradação:
5.1. Terminologia,
5.2. Identificação e caracterização,
5.3. Exemplos.
6. Conceitos:
6.1. Conservação,
6.2. Manutenção,
6.3. Reparação,
6.4. Restauro,
6.5. Reabilitação,
6.6. Reconstrução.
7. Intervenção em património arquitetónico:
7.1. Colheita de amostras,
7.2. Análise mineralógico-petrográfica,
7.3. Análises químicas,
7.4. Análises biológicas.
8. Limpeza:
8.1. Limpeza mecânica,
8.2. Limpeza com água nebulizada ou atomizada,
8.3. Limpeza com aparelho ultrassónico,
8.4. Limpeza com microjacto abrasivo,
8.5. Limpeza química,
8.6. Limpeza com recurso à utilização de pastas e argilas especiais,
8.7. Limpeza com recurso à utilização de pastas ou pachos,
8.8. Limpeza com recurso ao LASER,
8.9. Desinfestação, plantas superiores, algas, musgos e líquenes.
9. Consolidação:
9.1. Testes de eficácia; nocividade e durabilidade,
9.2. Métodos de aplicação de consolidantes.
10. Colagens:
10.1. Adesivos estruturais,
10.2. Adesivos não estruturais,
10.3. Espigões de reforço.
11. O preenchimento de lacunas ou microestucagem:
11.1. Ligantes orgânicos e inorgânicos,
11.2. Agregados,
11.3. A cor.
12. Proteção:
12.1. Características dos hidrofugantes,
12.2. Técnicas de aplicação.

Metodologia de avaliação
Nota Final = PT (40%) + PP (60%) PP
PT = Parte Teórica, consiste num teste escrito e pode ser feita em qualquer época, frequência ...
PP = Parte Prática, constituída pelo desempenho prático (40%) e pelo Relatório Final (60%).
Os valores da Nota Final, da PP e da PT devem ser iguais ou superiores a dez valores obrigatoriamente.

Bibliografia
- Luís, A. (2001). As Rochas dos Monumentos Portugueses: tipologias e patologias . (Vol. I e II). Lisboa: Cadernos do Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR)
- XAVIER, B. e FERRÉ, N. e CORTINA, L. e KRÖNER, S. (2010). Identificacíon y Caracterización de Materiales Pétreos en Patrimonio Histórico-Artístico. València: València : Universitat Politècnica de València
- Princípios para análise, conservação e restauro.(2003, 31 de outubro). ICOMOS, Victoria Falls - Zimbabué - 31 de outubro de 2003,
- Questions of authenticity.(2019, 0 de dezembro). Conversaciones… con Herb Stovel. Revista de Conservación. Instituto Nacional de Antrolopogía e Historia, Secretaría de Cultura. Coordenación Nacional de Conservación del Patrimonio Cultural, ICCROM, pp. 55-72.

Método de Ensino
Aulas teóricas e aulas laboratoriais onde os alunos são solicitados a realizar diagnósticos, metodologias e também intervenções de conservação e restauro em contexto real.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável

 

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Garantir o acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
Alcançar a igualdade de género e empoderar todas as mulheres e raparigas
Tornar as cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
portugal2020
centro2020
compete2020
crusoe
fct
feder
fse
poch
portugal2030
poseur
prr
republica
UE next generation
Centro 2030
Lisboa 2020
co-financiado