IPT Logotipo do IPT

Conservação e Restauro

Seminário de Património Cultural

<< voltar ao Plano Curricular

5 ECTS; 3º Ano, 2º Semestre, 45,0 T + 2,0 OT , Cód. 9380104.

Docente(s)
- Fernando Manuel Conceição Costa (2)
- João Pedro Freire Fonseca da Luz (2)
- Ana Patrícia Bidarra dos Santos Lourenço (2)
- Luis Filipe Neves Carreira dos Santos (2)
- Ricardo Pereira Triães (1)(2)

(1) Docente Responsável
(2) Docente que lecciona

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
a) Conhecer outras áreas de intervenção do conservador-restaurador
b) Conhecer outros materiais, técnicas e metodologias não desenvolvidas no curso
c) Estabelecer relações entre o património cultural e o envolvimento social
d) Relacionar o património cultural e o património natural e a paisagem

Programa
1. Património Cultural
1.1. Definição e conceitos
1.2. Classificação do Património

2. Património Material – outros patrimónios
2.1. Património Industrial
2.1.1. Instituições e documentos internacionais de proteção e salvaguarda
2.1.2. Metodologias de intervenção e envolvimento comunitário
2.1.3. Análise de casos de estudo e projetos de investigação
2.2. Materiais e técnicas construtivas tradicionais
2.2.1. Arquitetura vernacular
2.2.2. Técnicas construtivas em terra crua

3. Património Cultural Imaterial
3.1. Evolução do Conceito de Património Cultural Imaterial;
3.2. Documentos, Convenções e legislação mais relevantes;
3.3. Conceito e domínios do Património Cultural Imaterial;
3.4. Classificação vs. Inventariação;
3.5. Inventário Nacional “Matriz PCI”: Registo de inventariação e Registo de Salvaguarda Urgente;
3.6. Listas de inventário da UNESCO:
3.6.1. Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade
3.6.2. Lista de Património Cultural Imaterial de salvaguarda urgente
3.6.1. Registo de boas práticas
3.7. Medidas de salvaguarda.

4. Cinema e património cultural: da caverna ao streaming
4.1. Luz, sombra, som, representação
4.2. Do movimento na imagem à imagem em movimento
4.3. Legado patrimonial do cinema
4.4. Cinema como património cultural
4.4.1. Filme como documento
4.4.2. Filme como bem a preservar
4.4.3. Filme como roteiro cultural
4.5. Cinema sobre património cultural
4.5.1. Filme como fonte de conhecimento
4.5.2. Filme como memória futura
4.5.3. Filme como potenciador de imaginário

5. Património Natural
5.1. Património e paisagem
5.1.1. Paisagens enquanto expressão de interação;
5.1.2. Paisagens enquanto sistemas dinâmicos;
5.1.3. Paisagens enquanto recurso natural;
5.1.4. Paisagens enquanto lugares de produtividade económica;
5.1.5. Unidades identificáveis da paisagem;
5.1.6. Paisagens enquanto identidade.
5.2. Indicadores e métricas da paisagem
5.2.1. Indicadores da paisagem;
5.2.2. Índices métricos;
5.2.3. Qualitativo VS quantitativo;
5.2.4. Aplicações informáticas, questionários e formulários de recolha em campo
5.2.5. Cartografia vetorial e localização
5.3. Reservas da Biosfera
5.3.1. Utilização dos aplicativos criados.

Metodologia de avaliação
A avaliação final será feita através de um trabalho final (TF=100%) em qualquer uma das épocas de avaliação, contínua ou de exame.
O TF será a redação de um artigo no seguimento de um dos temas apresentados no seminário ou que esteja diretamente relacionado com este.
O aluno é dispensado de exame com nota igual ou superior a 10 valores.
A estrutura do artigo deve obedecer aos seguintes pontos:
Título (português e inglês)
Resumo (português e inglês) – máx. 500 palavras
Palavras-chave (português e inglês) – máximo 5
Texto (português ou inglês) – máx. 3500 palavras
As imagens utilizadas (fotos, desenhos, esquemas e outras formas de ilustração visual) deverão ser acompanhadas de identificação da fonte (de autor ou de elaboração própria).
Referências bibliográficas usar ordem alfabética ou ordem numérica correspondente à sequência das citações no texto de acordo com as normas da APA.
Só são colocadas as referências citadas no texto.

Bibliografia
- Barranha, H. (2016). Património Cultural: conceitos e critérios fundamentais. Lisboa: IST Press e ICOMOS-Portugal
- Castriota, L. e Mongelli, M. (2007). 1º Coloquio Ibero-americano "Paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto" . (Vol. I). Belo Horizonte: IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
- Martins, G. (2020). Património Cultural - Realidade Viva. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos
- Moreira, I. (2012). Edifícios e Vestígios: Projeto-Ensaio sobre Espaços Pós-Industriais. Guimarães: INCM/FCG
- Munoz-Vinas, S. (2023). A Theory of Cultural Heritage: Beyond The Intangible. London: Routledge
- Intangible Cultural Heritage: The Living Culture of Peoples.(2011, 1 de fevereiro). European Journal of International Law, pp. 101-120.

Método de Ensino
1. Apresentação e exposição dos temas desenvolvidos pelos docentes e/ou investigadores convidados.
2. Analise de casos de estudo e discussão dos mesmos.

Software utilizado nas aulas
Power Point

 

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Garantir o acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
Alcançar a igualdade de género e empoderar todas as mulheres e raparigas
Tornar as cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis
Garantir padrões de consumo e de produção sustentáveis
Reforçar os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
KreativEu
erasmus
catedra
b-on
portugal2020
centro2020
compete2020
crusoe
fct
feder
fse
poch
portugal2030
poseur
prr
santander
republica
UE next generation
Centro 2030
Lisboa 2020
co-financiado