IPT Logotipo do IPT

Ano Letivo: 2021/22

Mestrado em Conservação e Restauro

Métodos de Exame e Análise Avançados

<< voltar ao Plano Curricular

Publicação em Diário da República: Despacho nº 9982/2016 - 05/08/2016

5.5 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 30,0 T + 30,0 TP + 3,0 OT

Docente(s)
- António João de Carvalho da Cruz

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
O1.Planear o estudo material de um bem cultural
O2.Seleccionar as estratégias e os métodos de exame e análise mais adequados para a resolução de um problema
O3.Usar a literatura analítica
O4.Tratar os dados proporcionados pelos métodos de exame e análise
O5.Interpretar os resultados analíticos

Programa
C1. Introdução: Estudo laboratorial dos bens culturais
a. Enquadramento e possibilidades
b. A literatura
c. Formas de apresentação
C2. Análise química
a. Princípios e vocabulário da análise química
b. Amostragem
c. Análise por fluorescência de raios X
d. Análise por microscopia electrónica de varrimento com espectroscopia de raios X
e. Análise por espectroscopia de infravermelho
C3. Caracterização das obras
a. Estado de conservação
b. Técnicas de produção
c. Datação
d. Autoria
e. Proveniência
C4. Comportamento dos materiais
a. Teste de materiais
b. Avaliação dos tratamentos
c. Mecanismos de alteração

Metodologia de avaliação
As aulas teórico-práticas são de presença obrigatória, ficando excluído da avaliação quem exceder o número de faltas permitido pelo regulamento académico.
A avaliação é feita através de trabalhos escritos realizados ao longo do semestre (frequência) ou de um trabalho escrito final entregue nos períodos de exame. Fica dispensado de exame quem tiver média de frequência igual ou superior a 10 valores. O trabalho a entregar na época de exame é um estudo feito com base em resultados próprios (obtidos noutra UC) ou uma apreciação crítica da parte analítica de um relatório de estágio ou de uma dissertação disponíveis publicamente. Tem aprovação quem obtiver nota mínima de 10 valores.

Bibliografia
- Stuart, B. (2007). Analytical Techniques in Materials Conservation. Chichester: John Wiley & Sons
- Artioli, G. (2010). Scientific Methods and Cultural Heritage. An Introduction to the Application of Materials Science to Archaeometry and Conservation Science. Oxford: Oxford University Press
- Craddock, P. (2009). Scientific Investigation of Copies, Fakes and Forgeries. Oxford: Butterworth-Heinemann
- Doménech Carbó, M. (2018). Análisis Químico y Examen Científico de Patrimonio Cultural. Madrid: Editorial Síntesis
- Malainey, M. (2011). A Consumer's Guide to Archaeological Science. New York: Springer
- Pinna, D. e Galeotti, M. e Mazzeo, R. (2009). Scientific Examination for the Investigation of Paintings. A Handbook for Conservator-restorers. Firenze: Centro Di
- Henderson, J. (2000). The Science and Archaeology of Materials. An investigation of inorganic materials. London - New York: Routledge

Método de Ensino
M1. Aulas expositivas
M2. Discussão de casos
M3. Tratamento e interpretação de resultados experimentais

Software utilizado nas aulas
Não aplicável

 

Aprovado em Conselho Técnico Cientifico: 11 de maio de 2022

Download da Ficha da Unidade Curricular (FUC)

 

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
Financiamentos