IPT Logotipo do IPT

Licenciatura em Fotografia

Fotografia: Pensamento Crítico, Contextual e Teórico

<< voltar ao Plano Curricular

Publicação em Diário da República: Despacho n.º 8645/2020 - 08/09/2020

6 ECTS; 3º Ano, 1º Semestre, 60,0 S + 5,0 OT

Docente(s)
- Ana Rita de Sousa Gaspar Vieira

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
a) Desenvolver e aprofundar os conhecimentos sobre o pensamento crítico na Arte Contemporânea e na Fotografia; contribuindo para um entendimento da fotografia como parte de um processo cultural mais amplo;
b) Cruzar informação sobre o pensamento crítico na Arte Contemporânea e na Fotografia, construindo uma visão relacional e de contagio reciproco entre a prática fotográfica em particular e a da arte em geral;
c) Fornecer instrumentos de análise adaptados a uma reflexão crítica na prática da fotografia, de modo a que os alunos consigam edificar um discurso escrito, articulado, sólido e pessoal tendo como ponto de partida um referente imagético pessoal ou de outrem;
d) Identificar as contingências de um pensamento crítico na prática da Fotografia na contemporaneidade, considerando que qualquer acontecimento é sempre refém do seu contexto e que as relações entre a produção artística e as particularidade e especificidade contextuais de determinada prática, bem como a sua produção e materialização são sempre constitutivas da própria obra.

Programa
1. Os campos operativos e a definição de conceitos tendo como ponto de partida o lado da produção, para o desenvolvimento de uma consciência crítica e operativa sobre as implicações do ato produtivo no momento expositivo e vice-versa;
2. O Modernismo, a crítica, a sua refundação e as reverberações deles na prática artística contemporânea;
3. A arte contemporânea em geral e a prática da Fotografia em particular, analisadas quanto às suas múltiplas direções e contingências conceptuais. A prática da fotografia justaposta e numa relação de simbiose com o contexto do tempo e do espaço.
3.1. A fotografia como prática do seu tempo e como meio/veículo de problematização da memória.

Metodologia de avaliação
A avaliação é contínua, pelo que da participação nas aulas resulta (30%) da nota final e da apresentação, defesa e discussão dos trabalhos teórico-práticos individualmente propostos, resultam (70%).

Os alunos com classificação igual ou superior a 10 valores estão dispensados do exame;

Serão excluídos da avaliação final os alunos que ao longo do semestre não tenham frequentado pelo menos 2/3 das aulas;

Em contexto de exame serão solicitados os mesmos trabalhos teórico-práticos que no contexto de avaliação continua, aos quais corresponde (80%) da avaliação e um exercício suplementar, proposto para a situação de exame, que equivale a (20%).

Bibliografia
- Didi-Heberman, G. (2013). O Que Vemos, O Que nos Olh. (Vol. 1). Lisboa: Editora 34
- Marleau-Ponty, M. (2000). O Olho e o espí­rito. (Vol. 1). Lisboa: Veja
- Cauquelin, A. (2005). Teorias da Arte. (Vol. 1). São Paulo: Martins Fontes
- Ardene, P. (2006). Un Arte Contextual. (Vol. 1). Murcia: Cendeac

Método de Ensino
Aulas teóricas de exposição oral, debates, exemplos práticos, análise de textos, apresentações individuais e de grupo.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável.

 

Aprovado em Conselho Técnico Cientifico: 30 de novembro de 2022

Download da Ficha da Unidade Curricular (FUC)

 

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
Financiamentos