IPT Logotipo do IPT

Ano Letivo: 2021/22

Reabilitação Urbana

Conservação e Reabilitação de Edifícios I

<< voltar ao Plano Curricular

Publicação em Diário da República: Despacho nº 11549/2014 - 15/09/2014

5 ECTS; 1º Ano, 1º Semestre, 45,0 TP + 4,0 OT , Cód. 30062.

Docente(s)
- Maria de Lurdes Belgas da Costa Reis (1)

(1) Docente Responsável
(2) Docente que lecciona

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
Compreender os conceitos e princípios da reabilitação de edifícios. Identificar épocas de construção e diferentes tipos de edifícios, no que se refere à sua constituição, processo
construtivo e tipos de materiais empregues.
Conhecer os mecanismos de degradação e o processo patológico das construções, bem como os fenómenos físicos que lhe estão associados. Conhecer metodologias, equipamentos e técnicas de diagnóstico das anomalias dos edifícios.
Pretende-se que os estudantes adquiram conhecimentos técnicos e científicos, que permitam diagnosticar anomalias e elaborar propostas de reabilitação dos edifícios, que incluam materiais e técnicas de reabilitação e reforço das diferentes tipologias de edifícios. Dar competências aos estudantes que permitam a sua integração em equipas multidisciplinares no âmbito da reabilitação de edifícios.

Programa
1. Introdução à reabilitação de edifícios. Natureza histórica e ética das intervenções. Princípios gerais. Tipologia dos edifícios a intervir. 2. Mecanismos gerais de degradação dos materiais e dos elementos construtivos: conceito de vida útil das construções; conceito de patologia; Fatores de degradação. 3. Levantamento e diagnóstico: Metodologias e técnicas de inspeção e de diagnóstico; Caracterização do estado dos edifícios; Elaboração de relatórios de inspeção. 4. Patologias dos materiais: Betão, Betão Armado: Processos fiscos e químicos de degradação; corrosão de armaduras; Madeiras: fatores de degradação; tratamentos de proteção e de conservação. 5 Novos materiais nas intervenções de reabilitação. 6. Anomalias recorrentes em elementos da envolvente dos edifícios de construção recente e de edifícios antigos. 7. Anomalias
dos revestimentos e acabamentos: anomalias características dos principais tipos de revestimentos e acabamentos. 8. Materiais e tecnologias de reabilitação de edifícios: técnicas tradicionais e Intervenções com novos materiais e novas tecnologias. Reparação de anomalias não estruturais. 9. Enquadramento legal da reabilitação e programas de apoio à conservação e
reabilitação de edifícios. 10. Apresentação de casos práticos.

Metodologia de avaliação
A avaliação desta U.C. integra uma prova escrita (55%) e um trabalho prático (45%).
Na prova escrita, realizada por frequência ou por exame, os estudantes deverão obter classificação superior a 9,5 valores.
O trabalho consiste na elaboração de um relatório técnico, resultante do acompanhamento de uma obra de reabilitação, no decurso do semestre. Em opção o estudante poderá escolher um edifício objeto de estudo, fazer a sua caraterização construtiva e identificar as principais patologias observadas. Apresenta ainda quatro fichas de diferentes patologias do edifício que incluem: descrição, técnicas de avaliação, diagnóstico, causas prováveis e soluções de reparação. O trabalho é de entrega obrigatória em todos os momentos de avaliação.
A classificação final da U.C é a que resultar da média ponderada das classificações das duas componentes, devendo ser superior a 9,5 valores.

Bibliografia
- Abrantes, V. e Serra e Sousa, A. e Cóias, V. (2007). Reabilitação Estrutural de Edifícios Antigos ? Alvenaria, Madeira. (Vol. 1). Lisboa: GECoRPA
- Fonseca, S. e Silva, V. (2004). Guia Prático para a Conservação de Imóveis. (Vol. I). Lisboa: Dom Quixote
- Jalali, S. e Torgal, F. e Pinho, A. e Vasconcelos Paiva, J. (2006). Guia Técnico de Reabilitação Habitacional. (Vol. 2 Vol.). LNEC: Instituto Nacional da Habitação
- Rocha, A. e Esgalhado, H. e Cóias, V. (2006). Inspecções e Ensaios na Reabilitação de Edifícios. (Vol. I). Lisboa: IST PRESS

Método de Ensino
Aulas expositivas para apresentação de conceitos teóricos e das técnicas de reabilitação.
Apresentação de casos de estudo, que permitam a intervenção crítica do aluno.
Realização de ensaios de diagnóstico.
Visitas de estudo e sessões técnicas.

Software utilizado nas aulas
Não aplicável

 

Aprovado em Conselho Técnico Cientifico: 18 de janeiro de 2022

Download da Ficha da Unidade Curricular (FUC)

 

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
portugal2020
centro2020
compete2020
crusoe
fct
feder
fse
poch
portugal2030
poseur
prr
republica
UE next generation
Centro 2030
Lisboa 2020
co-financiado