IPT Logotipo do IPT

Ano Letivo: 2016/17

Construção e Reabilitação

Geologia de Engenharia

<< voltar ao Plano Curricular

Publicação em Diário da República: Despacho nº 9398/2015 - 18/08/2015

6 ECTS; 2º Ano, 1º Semestre, 30,0 T + 30,0 PL + 6,0 OT , Cód. 810617.

Docente(s)

(1) Docente Responsável
(2) Docente que lecciona

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
Distinguir minerais, rochas e estruturas geológicas; analisar os comportamentos mecânicos e as aplicações em obras de engenharia civil; distinguir constituição e propriedades dos solos; realizar ensaios em laboratório e em obra, interpretar resultados; calcular tensões e deformações dos materiais.Tirar conclusões.

Programa
1-Origem da Geologia de Engenharia e sua importância para as obras de engenharia civil. 2-Estrutura e composição da Terra. 2.1 Geodinâmica interna. 2.2 Tipos de matéria, propriedades e ligações químicas. 2.3 Noções básicas de cristalografia e cristaloquímica. 2.4 Estudo dos minerais e rochas, com identificação laboratorial. 3-Estruturas geológicas. 3.1 Identificação e caracterização das estruturas geológicas. 3.2 Estudo e classificação geotécnica dos maciços rochosos. 3.3 Geologia de Portugal. 3.4 Estudo e utilização de cartas geológicas. 4-Introdução à Mecânica dos Solos.4.1 Origem e tipos de solos. 4.2 Propriedades físicas e mecânicas dos solos. 4.3 Normalização, ensaios e classificação. 4.4 Efeito da água nos solos.4.5 Compactação: conceito, aplicação aos diferentes tipos de solos, ensaios em laboratório e em campo, equipamentos para compactação em obra. Procedimentos para compactação em obra. 5-Estado de tensão nos maciços terrosos. 5.1 Estado de tensão em repouso.Princípio da tensão efetiva. 5.2 Tensões induzidas por cargas exteriores. 5.3 Breve referência à Reologia dos Materiais.5.4 Aplicabilidade das soluções da Teoria da Elasticidade à tensões induzidas nos maciços terrosos. Soluções elásticas. Pratica: I-Identificação macroscópica de amostras de minerais e de rochas. II-Realização de ensaios para estudo e classificação de solos. Elaboração de relatórios.

Metodologia de avaliação
Frequência ou exames com recurso a provas escritas com componentes teórica e prática (60%) e trabalho (obrigatório) realizado em laboratório (40%). Aprovação: em cada componente, mínimo de 40% da cotação e nota total igual ou superior a 9,5 valores.

Bibliografia
- ., L. (1967). Normas e especificações para ensaios de solos. Lisboa: .
- Carlson, D. e McGeary, D. e Plummer, C. (2003). Physical Geology. .: McGraw Hill
- Correia, A. (1987). Ensaios para Controlo de Terraplenagens. Lisboa: LNEC
- Fernandes, M. (2005). Mecânica dos Solos. Porto: FEUP

Método de Ensino
Aulas teóricas do tipo expositivo e interactivo com exemplos de casos práticos e resolução de exercícios.
Aulas práticas de laboratório com identificação e classificação de minerais e de rochas e realização de ensaios de solos.

Software utilizado nas aulas

 

 

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
portugal2020
centro2020
compete2020
crusoe
fct
feder
fse
poch
portugal2030
poseur
prr
republica
UE next generation
Centro 2030
Lisboa 2020
co-financiado