IPT Logotipo do IPT

Ano Letivo: 2021/22

TeSP - Segurança e Proteção Civil

Fenomenologia da combustão e agentes extintores

<< voltar ao Plano Curricular

Publicação em Diário da República: Despacho n.º 12802/2021 de 29/12/2021

6 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 30,0 PL + 22,50 TP

Docente(s)
- Valentim Maria Brunheta Nunes
- Maria de Lurdes Belgas da Costa Reis

Pré-requisitos
Sem pré-requisitos

Objetivos
- Conhecer e identificar os fatores que influenciam o processo de combustão.
- Compreender os conceitos de temperatura de inflamação, combustão e de ignição.
- Conhecer os produtos de combustão
- Compreender a química do fogo
- Identificar e caracterizar os agentes extintores de acordo com as classes de fogo.
- Manusear equipamentos de extinção

Programa
Parte 1 – Fenomenologia da combustão
Conceito de fogo e de incêndio
Origem e consequências dos incêndios
Caraterização dos elementos que compõem o fogo
Classificação das combustões
Combustão de sólidos, gases e líquidos inflamáveis
Temperaturas de referência de combustíveis
Conceitos de poder e potencial calorífico, carga de incêndio e densidade de carga de incêndio
Propagação da energia de combustão
Caraterização dos produtos da combustão
Desenvolvimento do fogo em edifícios: fases do incêndio
Classes de fogos
Métodos de extinção
Tipos de agentes extintores

Parte 2 – Química do fogo
Química do Fogo
Constituição da matéria e estados de agregação
Relações mássicas e estequiometria
Leis dos gases e escalas de temperatura
Energia em reações químicas
Cálculos ideais em combustão
Poder calorífico dos combustíveis.

Parte 3 – Agentes extintores
Apresentação de materiais e de equipamentos de extinção
Aplicação dos agentes extintores em diferentes classes de fogos
Influências ambientais dos diferentes agentes extintores
Manuseamento de equipamentos de extinção
Outros casos práticos.

Metodologia de avaliação
A avaliação de conhecimentos e das competências adquiridas nesta U.C. será avaliada através de duas componentes:
- Prova escrita sobre os conteúdos teóricos lecionados na Parte 1 e na Parte 2, que representa 60 % da avaliação final, e na qual os estudantes deverão obter classificação igual ou superior a 9,5 valores.
- Trabalho prático (40%). O trabalho é de entrega obrigatória em todos os momentos de avaliação.
A classificação final na U.C é a que resultar da média ponderada obtida nas duas componentes da avaliação.

Bibliografia
- Guerra, A. e Coelho, J. e Leitão, R. (2006). Fenomenologia da combustão e extintores. Manual de Formação Inicial de Bombeiro.. (Vol. VII). Sintra: Escola Nacional de Bombeiros
- Nunes, L. (2003). Construção Civil. Manual de Formação Inicial de Bombeiro. (Vol. II). Sintra: Escola Nacional de Bombeiros
- Abrantes, J. (2003). Electricidade. Manual de Formação Inicial de Bombeiro. (Vol. IV). Sintra: Escola Nacional de Bombeiros
- Guerra, A. (2005). Segurança e protecção individual. Manual de Formação Inicial de Bombeiro. (Vol. VIII). Sintra: Es

Método de Ensino
As aulas teórico são expositivas, sendo os conteúdos programáticos apresentados através do PowerPoint e de vídeos, promovendo-se e incentivando-se a participação dos alunos na discussão dos temas abordados.
As aulas práticas de aplicação dos equipam.

Software utilizado nas aulas
Plataforma Moodle IPT

 

Aprovado em Conselho Técnico Cientifico: 15 de junho de 2022

Download da Ficha da Unidade Curricular (FUC)

 

 


<< voltar ao Plano Curricular
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
Financiamentos