Politécnico de Tomar com patente nacional Sistema de componentes para montagem modular de zonas húmidas artificiais

 

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) concedeu ao Politécnico de Tomar a patente nacional Sistema de componentes para montagem modular de zonas húmidas artificiais na sequência da investigação desenvolvida no projeto VALORBIO enquadrado no Laboratório de Bioenergia e Biotecnologia Aplicada do IPT (BIOTEC.IPT).

 A invenção consiste num sistema para montagem de zonas húmidas artificiais (ZHAs) modulares, amovíveis e de forma e dimensões adaptáveis, cuja utilização permite a instalação de ZHAs sem necessidade de infraestruturas permanentes, e a adaptação das áreas das ZHAs às necessidades temporais ou sazonais específicas, e aos locais de instalação.

A patente representa mais um reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido pelos docentes e técnicos que fazem parte da equipa de investigação do BIOTEC.IPT, que há muito tempo realizam trabalhos relevantes e pioneiros no tratamento sustentável de águas residuais através de ZHAs (também designadas por Zonas Húmidas Construídas, ZHCs, ou ETARs de Macrófitas). O sistema agora patenteado permite a utilização de materiais recicláveis ou reciclados nas estruturas das ZHAs, e otimizar a valorização de resíduos sólidos e a produção de água recuperada, representando assim uma contribuição para uma economia circular.

 
(Projeto Cofinanciado por Fundos Europeus, referência POCI-01-0145-FEDER-23314)

 

^ Topo