Designação: INFANTE

Código de projeto: CENTRO-01-0246-FEDER-000017 (projeto nº: 024534)

Objetivo: O projeto pretende reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação e reforçar a competitividade das empresas do setor aeroespacial português no panorama global.

Região(ões) de intervenção: Centro.

Entidade(s) beneficiária(s): TEKEVER ASDS, Lda (líder de consórcio); ACTIVE AEROGELS, Lda; ACTIVE SPACE TECHNOLOGIES – Actividades Aeroespaciais, SA (AST); GMVIS SKYSOFT, SA; HPS - High Performance Structures, Gestão e Engenharia, Lda; OMNIDEA, Lda; SPINWORKS, AS; TEKEVER III Communications Systems, Lda; TEKEVER SPACE – Sistemas Espaciais, Lda; CEIIA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento (Associação); IPN - Instituto Pedro Nunes – Associação para a Inovação e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia; IPT – Instituto Politécnico de Tomar; ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade; IST – Instituto Superior Técnico; IT Aveiro – Instituto de Telecomunicações; LIN – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia; UBI - Universidade da Beira Interior; FEUP – Universidade do Porto; FCT-UNL – Universidade Nova de Lisboa. Parceiros nacionais: Edisoft, Deimos Engenharia e Optimal; Parceiros utilizadores:  IPMA e INIAV; Parceiros internacionais: Innovation Academy for Microsatellites da Academia de Ciências Chinesa.

Data de aprovação: 2017-09-19

Data de início: 2017-11-01

Data de conclusão: 2020-10-31

Custo total elegível: 9.170.960,93 EUR

Financiamento União Europeia (UE): FEDER 6.139.801,47 EUR

Financiamento público nacional/regional: ----

Investimento IPT: 46.663,65 EUR

Apoio UE (FEDER): 34.997,74 EUR

Atividades e resultados esperados/atingidos:
O projeto INFANTE é uma iniciativa de I&D para o desenvolvimento e demonstração em órbita de um microssatélite, como primeiro componente de uma constelação para vigilância marítima, observação da Terra e comunicações entre satélites e estações de solo.
O Instituto Politécnico de Tomar é parceiro da AST no desenvolvimento do conversor de potência responsável pela gestão da energia proveniente dos painéis fotovoltaicos, nomeadamente: levantamento do estado da arte; estudo e desenvolvimento dos circuitos; sua otimização e teste.

^ Topo