Designação do projeto
MTAS - Moving tasks across shapes: the agro-pastoralists spread towards and from the Alto Ribatejo (Tarefas em movimento através das formas: a dispersão agro-pastoril para e a partir do Alto Ribatejo)
Código do projeto


PTDC/EPH-ARQ/4356/2014
Objetivo principal
O MTAS dá continuidade à informação adquirida por várias equipas e especialistas que estudaram a região nas últimas décadas, e em particular o PI, mas foca quatro objetivos principais que pensámos serem imperativos para produzir um conhecimento atualizado acerca desta problemática: i) padrões de ocupação; ii) revisão estratigráfica e aquisição de novos dados; iii) economias líticas; e iv) caracterização do povoamento.


Região de intervenção - A área geográfica é o Alto Ribatejo (Médito Tejo Português), uma região de passagem entre o interior e litoral da Península Ibérica.
Entidade beneficiária - Instituto Politécnico de Tomar
Data de aprovação -05-08-2015
Data de início - 01-07-2016
Data de conclusão - 31-03-2020
Custo total elegível - €168.875,00
Apoio financeiro da União Europeia - NA
Apoio financeiro público nacional - €168.875,00
Apoio financeiro público regional - NA


Objetivos, atividades e resultados
No plano dos padrões de ocupação, foram desenvolvidos trabalhos de prospeção, com incidência na bacia detrítica do Tejo e no Maciço Hespérico, o que permitiu identificar novos sítios arqueológicos, com destaque para o sítio de Salvador, que se converteu num local de intervenção prioritária para o projeto. Os resultados dos trabalhos de prospeção já realizados foram, tal como previsto, inseridos num SIG, que por sua vez constitui a base de um geoportal de acesso livre, preparado com o apoio de um bolseiro de investigação com licenciatura. O geoportal é consultável em : http://www.arcgis.com/apps/MapSeries/index.html?appid=41c568f4b1f04e2f8553502a7061d89d
A revisão estratigráfica incluiu trabalhos na Anta 1 de Val da Laje, na Anta da Lajinha e no sítio de Salvador e no complexo rupestre do Tejo. Este último foi totalmente revisto e um corpus integral foi produzido e disponibilizado em linha, consultável em: http://www.pacadnetwork.com/itm/images/sampledata/Domeniu/mastercorpus2.pdf . Os resultados dos trabalhos permitiram a preparação de diversas publicações, incluindo diversos artigos e uma detalhada monografia da Anta da Lajinha, que se encontra em fase final de edição e será publicada na editora Oxbow.
O estudo das economias líticas permitiu concluir o estudo petrográfico dos monumentos megalíticos e avançar no estudo tecno-morfológico de novas indústrias que foram reveladas durante os trabalhos de prospeção e escavação (nomeadamente no sítio de Salvador).
No domínio da caracterização do povoamento, foram obtidas algumas novas datações, e foi realizado um importante estudo sobre os resíduos de lípidos em cerâmicas, que permitiu abrir novas perspetivas sobre as dinâmicas de mobilidade das comunidades construturas de monumentos megalíticos na região.





^ Topo