DESIGNAÇÃO DO PROJETO: Cerâmica, património e produto sustentável – do ensino à indústria (CP2S)
CÓDIGO DO PROJETO: 02/SAICT/2016
OBJETIVO PRINCIPAL: O projeto cerâmica, património e produto sustentável – do ensino à indústria visa organizar um conjunto de informação dispersa nas áreas tecnológica, social, económica e histórico-cultural, que será usada na criação de recursos diferenciados e inovadores sobretudo experimentais e visuais para a formação pedagógica e cultural ou para o apoio ao ensino, investigação e design de produtos cerâmicos sustentáveis que contribuam para o aumento da competitividade e da sustentabilidade deste setor económico.
Pretende-se explorar o tema do projeto e as respetivas atividades como iniciativas de inovação territorial por perspetivarem a criação de novas oportunidades de empregabilidade e autoemprego, promoverem a cidade de Caldas da Rainha e sua região como uma cidade criativa, inteligente e sustentável certamente com reflexos estruturantes no plano da gestão cultural e turística.
REGIÃO DE INTERVENÇÃO: Centro
ENTIDADES BENEFICIÁRIAS: ESAD/Instituto Politécnico de Leiria (promotor); Instituto Politécnico de Tomar (co-promotor); CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA A INDUSTRIA DE CERAMICA (CENCAL) (co-promotor).
DATA DE APROVAÇÃO: 22/6/2017
DATA DE INÍCIO: 27/9/2017
DATA DE CONCLUSÃO: 26/3/2019
CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 131.666,64 EUR
APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA: 111.916,64 EUR
APOIO FINANCEIRO PÚBLICO/REGIONAL: 0 EUR
OBJETIVOS, ATIVIDADES E RESULTADOS ESPERADOS/ATINGIDOS:
1 - A pesquisa e inventariação de bens materiais e imateriais disponíveis para a investigação visa procurar informação científica e produtos físicos que acrescentem conhecimento ao estado da arte sobre o tema do projeto.
2 - A investigação e classificação dos bens materiais e imateriais disponíveis para a concretização dos objetivos do projeto visam aprofundar o conhecimento em torno daquela informação científica e dos produtos físicos disponíveis para concretizar várias atividades do projeto como sejam: coleções, exposições ou centro de documentação.
3 - Os bens materiais ou produtos físicos referidos nas ações anteriores serão selecionados tendo em vista a realização de exposições ou coleções de divulgação científica, técnica e cultural.
4 - Alguns daqueles produtos físicos vão necessitar de operações de restauro e conservação antes de se constituírem como elementos de uma coleção ou exposição.
5 - As exposições e outras atividades de divulgação cultural, técnica e científica do projeto serão estrategicamente programadas e planeadas no âmbito da programação cultural da cidade e da região.
6, 7 - A realização das coleções e as exposições visam a disseminação de conhecimento cultural, científico e técnico.
8 - A criação de novos produtos cerâmicos sustentáveis a partir do design pretende criar propostas que aumentem a competitividade e internacionalização da indústria cerâmica através do uso soluções mais sustentáveis no processo cerâmico e portanto com favorável impacto ambiental e responsabilidade social.
9 - A comunicação das propostas de design referidas anteriormente exige a investigação e aplicação das melhores estratégias e metodologias de marketing que visem aumentar o potencial interesse da indústria pelos novos produtos cerâmicos sustentáveis criados neste projeto.
10 - Para criar modelos de comunicação mais eficazes como a realização de exposições de produtos cerâmicos sustentáveis terá que se fazer previamente a seleção das propostas de produtos industriais que vão ser prototipados.
11 - Dada a simplicidade previsível de algumas propostas aquela seleção deve ser feita também tendo em vista o potencial de geração de auto-emprego dos seus autores.
12 - Para fins de comunicação de produto algumas propostas serão prototipadas.
13 - Os protótipos ou as propostas dos novos produtos cerâmicos serão comunicados à industria, ao ensino, à investigação e a todo o público em geral através da realização de uma exposição.
14, 15 - A Avaliação do impacto do projeto e identificação de novas oportunidades no âmbito da valorização do território e a avaliação do impacto do projeto e identificação de novas oportunidades no âmbito do turismo da cidade e da região pretendem avaliar o impacto do projeto em termos de inovação territorial e procurar novas oportunidade de investigação.
16 - A constituição do centro de documentação pretende aumentar, reunir e organizar o conhecimento científico e cultural em torno da cerâmica, património e produtos sustentáveis colocando-o ao servido do ensino, da investigação, dos agentes culturais e do público em geral.
17 - O Seminário de divulgação dos resultados do projeto visa disseminar o conhecimento, avaliar o projeto e avaliar a oportunidade da sua continuidade ou ampliação a outras linhas de investigação.
18 - A gestão e acompanhamento do projeto visam garantir e demonstrar todos os elementos propostos na presente candidatura.

^ Topo