Projeto

Pós-Graduação em Arqueologia Subaquática

22 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 15,0 S + 150,0 OT

Docente(s)

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
Pretende-se que os alunos tenham conhecimento das regras, legislação e obrigações perante as entidades que regulamentam o património arqueológico ou atividades subaquáticas, nomeadamente Direção Geral do Património Cultural, Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (brasileiro), Instituto da Conservação da Natureza, Marinha, etc. bem como as melhores práticas a decorrer num estágio no âmbito das relações ou no cumprimento do programa ou na construção de uma tese, com as suas implicações de inovação, problemática, custo e tempo. A unidade centra os seus objetivos na elaboração, desde o planeamento à execução prática de um projeto arqueológico subaquático.

Programa
1. Entidades regulamentares de Património e Atividades Subaquática: DGPC, Marinha, ICN e IPHAN
a)Projeto Plurianual.
b)Projetos PATA.
c)Relatórios, obrigações e exigências
2.Estágios:
a) Trabalho em grupo, comportamentos e relações humanas.
b) Programa de estágio, como cumprir e metas de aprendizagem práticas
c) Relatórios e orientação das entidades recetoras
3. Teses e trabalhos de pesquisa e investigação:
a) Problemáticas arqueológicas e os lapsos históricos ou arqueológicos.
b) Pertinência de inovação e criatividade.
c) O tempo e a delimitação temática.
2. Tecnologias de auxilio à gestão de dados e interpretação arqueológica
a) bases de dados
b)Sucessão de vestígios - estratigrafia subaquática
c) registo por robos, drones, LIDAR
3. Mergulho científico e segurança
a)Logistica no desenvolvimento de um projeto subaquático
b) Flutuabilidade
c) Navegação
d) Nós e amarrações
e) Segurança
4.Cada projeto possuirá um ponto (4) específico auxiliador conforme a diversidade das temáticas que vier a abordar: Museologia, Fotografia Subaquática, Mergulho profundo, Conservação, etc.

Metodologia de avaliação
Duas épocas de avaliação. Para ambas a avaliação é realizada sobre o trabalho final de projeto desenvolvido, que implica o relatório da execução e resultados obtidos com o projeto - 100%.

Bibliografia
- Cardoso, C. Como elaborar um projeto de pesquisa. Brasil: Universidade Federal Fluminense

Método de interação
A componente de seminário apresentará conteúdos de explicação genérica de relação com entidades de tutela e exigências legais no âmbito do desenvolvimento de projetos em Arqueologia Subaquática.

Software utilizado nas aulas
Plataformas das entidades regulamentares

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável