Tecnomorfologia e Materiais

 

Pós-Graduação em Arqueologia, Gestão e Educação Patrimonial

3 ECTS; 1º Ano, Anual, 13,0 TP

Docente(s)
- Alexandra Águeda de Figueiredo

Pré-requisitos

Objetivos
O aluno deverá ser consciente da importante dimensão do testemunho implicitamente contido nos conjuntos artefactuais líticos e cerâmicos. Neste sentido serão transmitidos os métodos teórico e práticos para que os alunos sejam capazes de analisar tecnomorfologicamente conjuntos de cerâmicas e líticos.

Programa
1. Conceitos e noções sobre as formas da cultura material e das tecnologias associadas à sua produção:
A matéria-prima; A tecnologia; O artefacto; As culturas; O tecnocomplexo; As tipologias
2.Tecnomorfologia Lítica: A matéria - prima: principais rochas utilizadas, A economia das matérias - primas a "mina"; jazidas, Transporte, troca, utilização; Noções de talhe; As técnicas de fabrico bloco de matéria - prima, desgaste primário, lascagem, polimento; Tipologia lítica Classificações tradicionais e a necessidade de determinação objetiva de atributos As Indústrias líticas; O conceito de cadeia operatória; Caracterização das Indústrias líticas; Desenho de artefactos;
3. Tecnomorfologia Cerâmica: Classificação taxonómica dos materiais cerâmicos; Atributos morfológicos; A tecnologia da cerâmica- Fabrico, Cozedura, Tratamento da Superfície, Técnicas decorativas. Relação cerâmica e espaço: Índice cronológico; A cerâmica e a organização social. A organização política. Produção de cerâmica e distribuição - o comércio.
Os processos utilizados no estudo da cerâmica: Ficha de campo, Marcação, Registo, Descrição, Classificação e Tipologia, Ficha de registo, Armazenagem, Conservação e restauro. O desenho arqueológico.

Metodologia de avaliação
A avaliação será realizada por dois momentos: Frequência e Exame.
A frequência será avaliada por um trabalho teórico-prático 80%.mais a participação nas discussões e atividades de aula. Avaliação dada de 0 a 20 valores. O aluno deverá ter média de 10 valores para ser considerado como aprovado.
O exame será avaliado por um trabalho teórico-prático aplicado a um estudo lítico ou cerâmico.

Bibliografia
- Roche, H. e Inizan, M. e Tixier, J. (1980). Prehistoire de la piedre taillé. Paris: Cercle de Recherches et études préhistoriques p.120
- Bordes, F. (1968). The Old Stone Age. . (Vol. 1). New York.: World University Library.
- Ameida, F. (1995). O Método de Remontagens Líticas: enquadramento teórico e aplicações.. Lisboa: EAM
- Gourhan, L. (1983). Os Caçadores da Pré-História.. Lisboa: Ed.70

Método de interação
Aulas de ensino à distância, usando a plataforma B-elearning, com discussão dos conteúdos em aulas virtuais.

Software utilizado nas aulas
Powerpoint, BigBlueButton, E-learning

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável