TeSP - Arte e Técnica do Couro

Área científica predominante:
, Código oficial do curso: T150
Escola Superior de Tecnologia de Tomar, Código oficial da escola 3242

 

O Setor de Curtumes é um setor transformador, que se situa numa posição intermédia de mercado. A montante encontra-se a fileira agroindustrial de onde provêm as peles e a jusante os setores consumidores, com especial relevo para o calçado.


Em Portugal, este setor é composto por cerca de 60 empresas industriais, com uma forte concentração geográfica (85%) na região de Alcanena, onde se encontra também o Centro Tecnológico das Indústrias do Couro (CTIC) e a Associação Portuguesa dos Industriais de Curtumes (APIC).


Na última década tem existido uma aposta na exportação de curtidos, exigindo que as empresas disponham de recursos humanos com uma qualificação que permita garantir elevados níveis de competitividade face à concorrência externa, tanto no que respeita à evolução tecnológica, sobretudo nas áreas da química e dos materiais, como noutros aspetos, como o design e a moda.


Muitos técnicos atualmente em atividade nas empresas portuguesas receberam a sua formação em países como Espanha, Inglaterra e Alemanha, onde existem instituições de ensino de nível médio e superior para este setor. Os cursos efetuados nestas condições representam um investimento pesado para os profissionais que pretendam encetar ou prosseguir uma carreira na indústria de curtumes.


O IPT, atento a esta realidade e pretendendo dar resposta às necessidades de formação neste setor, criou, com a colaboração do CTIC, da APIC e da Autarquia de Alcanena, o único curso em Portugal nesta área, o CTeSP em Arte e Técnica do Couro.

 

 

Objectivos

Formar Profissionais para:


Intervir na operação, planificação e controlo das diferentes fases de fabrico de curtumes,

          e

empreender no desenvolvimento de aplicações técnicas e artísticas para couros, peles e subprodutos da indústria de curtumes.


facebook