Pré-impressão

Design e Tecnologia das Artes Gráficas, Publicação em Diário da República - Despacho nº 3359/2013 - 01/03/2013

7 ECTS; 1º Ano, 2º Semestre, 105,0 TP + 4,0 OT + 3,0 O

Docente(s)
- Rui Miguel Sardinha Proença
- Miguel Alexandre Pereira Sanches

Pré-requisitos
Não aplicável

Objetivos
1- Identificar processos de impressão;
2- Adquirir competências na imposição analógica e digital;
3- Dominar as etapas de produção do objeto gráfico;
4- Compreender o funcionamento do software específico;
5- Distinguir os diferentes formatos de ficheiros;
6- Conhecer os sistemas de gestão da cor.

Programa
COMPONENTE: PAGINAÇÃO
Apresentação do programa e introdução à interface;
O ambiente de trabalho. Definição do documento;
Introdução à caixa de ferramentas do programa operativo;
Composição e edição de textos simples e complexos;
Conceito de página mestra (master). Definição da página;
Junção de texto e imagem. Importação e manipulação de texto e de imagens;
Tratamento de texto e paginação, atributos de caracter e parágrafo, linhas «viúvas» e «órfãs», controle de hifenização e justificação, organização do texto em colunas; a grelha de layout, tabulações, recolhas e abertura de parágrafo; hierarquização da informação;
Construção e edição de tabelas;
Estilos e formatação de parágrafo, de caracter e de tabelas. Edição de texto - definição de parâmetros aplicáveis a tipos e parágrafos;
Edição de cor, Paleta de cor e gradientes;
Criação e edição de cores de processo e especiais;
Criação e edição de índices;
Gestão de documentos extensos;
Preparação dos originais para diferentes tipos de selecção;
Simulação de separação de cores;
Criação e edição de ficheiros PDF;
Preflight e Package.

COMPONENTE: IMPOSIÇÃO
Identificação e nomenclatura dos equipamentos, dos instrumentos, dos materiais consumíveis e das ferramentas indispensáveis para a execução/elaboração de traçados e de montagens em bases milimétricas ou quadrículas;
As fases preliminares para a preparação dos fotolitos a "montar";
Formatos Normalizados, DIN (séries A, B, C, D e formatos gráficos);
Traçado da página base;
Determinação do rectângulo/mancha do texto e distribuição das margens perimetrais;
O traçado – Exigências na montagem condicionadas pela impressão;
A montagem – Elementos normativos para executar a montagem;
Deitados regulares e irregulares;
Elementos indispensáveis a incluir numa montagem: Marcas de corte, miras de registo, marcas de picote, marcas de vinco, marcas de assinatura (obra de livro), indicação de entrada de máquina (boca), margem de pinça, identificação da cor (CMYK, Pantones, etc.), tiras para o controlo visual e densitométrico;
Manipulação de ficheiros;
Compatibilidade de ficheiros;
Programas para a imposição digital;
PDF, JDF, PPF, Fluxo de trabalho digital, etc.;
Imposição/montagem digital executada a partir de softwares específicos (Trueflow e Xmf).
Provas de Posição: Obtenção de provas digitais, a revisão e o confronto/contraprova com layouts e com os originais.

COMPONENTE: SEPARAÇÃO DE CORES
Caraterização e identificação dos seis principais processos de impressão convencionais, tipografia, flexografia, rotogravura, serigrafia, tampografia e offset;
Estudo das formas impressoras para os mesmos processos de impressão;
Fluxo de trabalho da indústria gráfica;
Classificação e identificação dos diversos tipos de originais, sua análise e controlo;
As fontes luminosas;
O processo fotográfico de obtenção de fotolitos;
Teoria das tramas e suas aplicações: lineatura, geometria de ponto, ângulo de trama, tramas AM, FM e XM;
Introdução à densitometria e magnitudes densitométricas;
Instrumentos de medição de escalas de controlo;
Introdução aos conceitos de Gestão de Cor;
Aplicação do controlo de qualidade em todas as fases de transformação a partir de escalas de controlo, parâmetros de referência e de tolerância, recorrendo a instrumentos de medição.

Metodologia de avaliação
Em avaliação contínua são considerados os elementos descritos em baixo, com a seguinte ponderação:

PAGINAÇÃO – 50% trabalhos práticos com avaliação >=10; 45% avaliação escrita com avaliação >=10; 5% para a assiduidade.
IMPOSIÇÃO – 50% trabalho teórico-prático com avaliação >=10; 45% avaliação escrita com avaliação >=10; 5% para a assiduidade.
SEPARAÇÃO DE CORES – 75% avaliação escrita com avaliação >=10; 20% para a assiduidade; 5% criação original traço-linha.

Os alunos admitidos a avaliação por exame terão de realizar uma prova escrita nas diferentes componentes.

Em avaliação por exame são considerados os elementos descritos em baixo, com a seguinte ponderação:
PAGINAÇÃO – 50% trabalhos práticos com avaliação >=10; 50% avaliação escrita com avaliação >=10.
IMPOSIÇÃO – 50% trabalho teórico-prático com avaliação >=10; 50% avaliação escrita com avaliação >=10.
SEPARAÇÃO DE CORES – 100% avaliação escrita com avaliação >=10.

A nota da Unidade Curricular é calculada com base na seguinte ponderação:
40% PAGINAÇÃO; 30% IMPOSIÇÃO; 30% SEPARAÇÃO DE CORES.

Bibliografia
- BAER, L. (2004). Produção Gráfica. S. Paulo: SENAC
- JOHANSSON, K. e LUNDBERG, P. e RYBERG, R. (2004). Manual de Producción Grafica: Recetas. Barcelona: GG
- ANTON, K. e DEJARLD, T. (2018). Adobe InDesign CC Classroom in a Book (2018 release). San Francisco: Pearson Education, Adobe Press
- KIPPHAN, H. (2001). Handbook of Print Media? Technologies and Production Methods. Berlin: Springer-Verlag
- AMBROSE, G. e HARRIS, P. (2008). The Production Manual, A Graphic Design Handbook. Lausanne: AVA Publishing
- FORMENTI, J. e REVERTE, S. (2008). La Imagen Gráfica y su Reproducción. Barcelona: Ediciones CPG
- SEDDON, T. (2007). Images: A Creative Digital Workflow for Graphic Design. London: RotoVision
- BARBOSA, C. (2012). Manual Prático de Produção Gráfica. Lisboa: Principia

Método de interação
1- Aulas com recurso aos meios audiovisuais e a exemplos analógicos e digitais;

Software utilizado nas aulas
Adobe InDesign (Paginação)
Trueflow SE - SCREEN (Imposição)
XMF Workflow - FujiFilm (Imposição)