IPT

Curso Superior de Curta Duração em Desenvolvimento de Sistemas Procedurais Interativos com Realidade Virtual ou Aumentada

 

O desenvolvimento tecnológico mais recente tem possibilitado a chegada de formas mais sofisticadas e ricas de interação com os utilizadores, através dos seus dispositivos móveis e Head Mounted Displays. Nesse sentido, o desenvolvimento de sistemas interativos é uma área que, em termos de investigação e de desenvolvimento, tem sofrido uma assinalável evolução, registando-se uma grande multiplicidade de projetos em que esta dimensão se tem cruzado com tecnologias, como a Realidade Aumentada, que tem sido potenciada pela evolução dos dispositivos acima referidos. As aplicações, por sua vez, têm sido múltiplas, em áreas que vão desde o Controlo de Processos Industriais ao Ensino, como a Astronomia ou a Arqueologia, passando pela divulgação científica de forma mais geral, com uma particular incidência nos jogos digitais. Por outro lado, impulsionada pela necessidade de reduzir custos de desenvolvimento, a geração procedural tem sido uma técnica cada vez mais utilizada suportando-se numa plêiade de áreas onde a Inteligência Artificial tem particular relevância.

 

Objectivos

 Neste contexto, o curso “Desenvolvimento de Sistemas Procedurais Interativos com Realidade Virtual ou Aumentada” visa dotar os formandos de competências nestas áreas, proporcionando-lhes aindauma iniciação à I&D.

Contactos

Coordenador(a) de Curso

João Manuel Mourão Patrício

João Manuel Mourão Patrício

Gabinete: B107
t.: 249328100
ext.: 2107

Coordenador(a) Erasmus

João Manuel Mourão Patrício

João Manuel Mourão Patrício

Gabinete: B107
t.: 249328100
ext.: 2107

Secretariado

Guiomar Maria Marques Fonseca Cotovio

Guiomar Maria Marques Fonseca Cotovio

Gabinete: I 215
t.: 249 328 237
ext.: 1214


Dada a presença de uma componente de I&D muito relevante nesta oferta formativa, os estudantes irão, para além da participação nas horas de contacto, ser envolvidos em projetos de investigação que decorrem das temáticas em torno das quais este curso foi desenhado. Num cenário de enquadramento deste curso na “Escola de Verão” previamente referida, espera-se que os estudantes desenvolvam um volume estimado de trabalho total de, em média, sensivelmente 16 horas por semana.

Condições de Acesso

Serão admitidos candidatos que se encontrem a frequentar Licenciaturas em Engenharia Informática, Informática e Tecnologia Multimédia e afins, Cursos Técnicos Superiores Profissionais em Tecnologias e Programação em Sistemas de Informação, Jogos Digitais e afins, bem como outras ofertas formativas consideradas pela Comissão de Coordenação do Curso como adequadas à sua frequência.
O curso pode funcionar com um número mínimo de cinco alunos e um número máximo de vinte alunos.

 

Locais de funcionamento

Abrantes

Abrantes

Tomar

Tomar

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 
 
NP4552
Financiamento
b-on
santander
erasmus
catedra
Financiamentos