Gestão de Stocks

 

TeSP - Gestão Comercial e Vendas, Publicação em Diário da República - Aviso nº 2367/2016 - 25/02/2016

4 ECTS; 2º Ano, 1º Semestre, 15,0 T + 45,0 PL

Docente(s)
- Rúben Joaquim Pinto Loureiro

Pré-requisitos
Não aplicável.

Objetivos
No final do curso os alunos deverão ter a capacidade de utilizar os principais recursos do planeamento, programação e controlo de Stocks por forma a maximizar a produtividade. Assim, devem os alunos conhecer conceitos que permitam:
i) aplicar técnicas para apoiar a gestão na tomada de decisões, incluindo o cálculo de custos do produto, e a gestão de inventários
ii) analisar dados para fornecer informações relevantes para apoiar a tomada de decisões de gestão
iii) preparar informações para apoiar a gestão na tomada de decisões em tópicos, incluindo planeamento e orçamentação, gestão de custos, controlo de qualidade, medição de desempenho e análise comparativa;
iv) Promover práticas de compras públicas sustentáveis, de acordo com as políticas e prioridades nacionais (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 12: Produção e Consumo Sustentáveis)

Programa
1-Aprovisionamento.
1.1-Papel da compra na cadeia de abastecimento
1.2-Processo de compra e respetivas etapas
1.3-Gestão de fornecedores
1.4-Aspetos qualitativos na seleção de fornecedores
1.5-Negociação e revisão de preços
1.6-Comparação entre fornecedores
1.7-Avaliação de fornecedores
2-Gestão de stocks.
2.1-Introdução à gestão de stocks
2.2-Noção e tipo de stocks
3-Princípios da gestão de stocks.
3.1-Definição e objetivos de gestão de Inventário
3.2-Tipo de matérias a armazenar
3.3-Determinantes do nível ótimo de stock
3.4-Condicionantes específicas dos produtos
3.5-Condicionantes específicas de armazenagem
3.6-Condições do mercado
3.7-Logística e planeamento
3.8-Condições de entrega
4-Custos associados aos stocks.
4.1-Custos operacionais associados à stockagem da mercadoria
4.2-Custos de oportunidade face a outras opções
4.3-Noção de custo operacional e de custo " afundado"
4.4-Descontos/promoções
4.5 Sobrestockagem
5-Gestão da variação da procura e do nível de stock.
6-Benefícios esperados com a gestão de stocks.
7-Controlo de existências/inventariação.
7.1-Normas gerais de inventariação de bens e produtos
7.2-Determinação de consumos
7.3-Documentação utilizada nos inventários
7.4-Controlo de qualidade nos aprovisionamentos
7.5-Logística e sistemas de informação

Metodologia de avaliação
Avaliação contínua:
Resolução de Casos Práticos: 60% - sendo 30% em conjunto com a UC de Projeto Aplicado (Capítulo de Processos Logísticos e Gestão de Stocks)
Teste escrito: 40%
Nota mínima em cada momento de avaliação: 7 valores.
Os alunos com classificação inferior a 10 valores na avaliação contínua são admitidos a exame, no período indicado no calendário escolar.

Exame: Teste escrito (100%);

Bibliografia
- Martin-Bennefous, C. e Pillet, M. e Courtois, A. (2011). Gestão da Produção. Lisboa: Lidel- Edições Técnicas
- Lopes Dos Reis, R. (2017). Manual de Logística. (Vol. 1). Barcarena: Presença
- Varios, D. e Crespo de Carvalho, J. (2017). Logistica e Gestão da Cadeia de Abastecimento. Lisboa: Edições Silabo
- Lopes Dos Reis, R. (2013). Manual de Gestão de Stocks. (Vol. 4). Barcarena: Presença

Método de interação
Aulas teórico-práticas: Método expositivo, com recurso a meios audiovisuais.

Software utilizado nas aulas
TEAMS
EXCEL
WORD

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável